0

Contra o Fortaleza, Vasco só empata por 0 a 0, mas sai do Z4

Cruz-Maltino atingiu 23 pontos e fugiu do Z4, mas não conseguiu abrir o placar mesmo atuando em São Januário. Fortaleza segue em 12º

19 nov 2020
21h03
atualizado às 21h20
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Muita chuva e nenhum gol. O Vasco recebeu o Fortaleza, em São Januário, nesta quinta-feira, e o placar não chegou a ser aberto. Um jogo intenso, mas de pouca criatividade terminou com mais chances do time visitante e um resultado que tira o mandante da zona de rebaixamento - o time foi a 23 pontos, mas supera o Red Bull Bragantino nos critérios de desempate.

Covid-19

Ainda antes do jogo, o Vasco teve uma desagradável novidade. O argentino Benítez, principal articulador da equipe, foi diagnosticado com Covid-19. Ele é o oitavo jogador, atualmente, contaminado pelo novo coronavírus. Já são 39 casos no elenco.

Yago Pikachu foi o substituto de Benítez, diagnosticado com o novo coronavírus (Foto: Maga Jr/Ofotografico)
Yago Pikachu foi o substituto de Benítez, diagnosticado com o novo coronavírus (Foto: Maga Jr/Ofotografico)
Foto: LANCE!

De cabeças

O primeiro tempo foi mais disputado do que requintado. O Cruz-Maltino teve uma boa chance. Cano cabeceou de costas, mas o goleiro defendeu. Também de cabeça, Bruno Melo e Jackson tiveram chances. Já no fim do primeiro tempo, o time visitante ficou mais à vontade. Romarinho assustou com um chute de fora da área.

Mesmo minuto

Na segunda etapa, embora mais corrido, o jogo seguiu pouco técnico. Em compensação, no mesmo minuto 25 houve uma chance para cada lado: Gustavo Torres avançou em velocidade e chutou forte, mas o goleiro do Fortaleza pegou. No contra-ataque, Fernando Miguel afastou um cruzamento da esquerda e, no rebote, fez grande defesa após chute de Bergson.

Último suspiro mandante e pressão visitante

Aos 34, Neto Borges cruzou da esquerda e Gil, de fora da área, chutou forte - e com perigo. O maestro do time no jogo foi substituído logo depois. Cinco minutos depois, Andrey saiu jogando errado, Bergson foi esperto, roubou a bola e chutou para mais uma defesa do goleiro cruz-maltino. E dois minutos mais tarde, um bate-rebate fez a bola caminhar perigosamente perto da linha do gol vascaíno. E na sequência, foi pelo alto que a bola pererecou ao redor da baliza do time mandante.

FICHA TÉCNICA

VASCO 0 X 0 FORTALEZA

Data: 19 de Novembro de 2020

Horário: 19h

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)

Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

VAR: Marcio Henrique de Gois (SP)

Cartões amarelos: Marcelo Alves e Léo Matos (VAS)

Cartões vermelhos: não houve.

Gols: -

VASCO: Fernando Miguel, Werley, Marcelo Alves e Ricardo Graça; Léo Matos (Cayo Tenório, 35'/2ºT), Andrey, Gil (Marcos Junior, 35'/2ºT), Yago Pikachu (Vinícius, 43'/2ºT) e Neto Borges; Cano e Talles Magno (Torres, Intervalo) - Técnico: Ricardo Sá Pinto.

FORTALEZA: Felipe Alves, Tinga, Jackson, Bruno Melo e Carlinhos; Juninho, Ronald (Derley, 38'/2ºT) e Marlon (Torres, 32'/2ºT); David (Wanderson, 38'/2ºT), Wellington Paulista (Bergson, 21'/2ºT) e Romarinho (Vásquez, 32'/2ºT) - Técnico: Marcelo Chamusca.

 

Veja também:

Confira a repercussão da morte de Maradona na Argentina e pelo mundo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade