2 eventos ao vivo

Com um a menos, Palmeiras perde do Goiás com gol no fim

Mayke acabou expulso aos 38 do primeiro tempo e, em jogo que parecia tranquilo rumo à vitória, time levou gol de fora da área aos 46 do 2º T

21 nov 2020
23h00
atualizado às 23h08
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A história parecia tranquila, mas aconteceu tudo diferente. O desfalcado Palmeiras visitou o Goiás na noite deste sábado, na Serrinha, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, e perdeu por 1 a 0 com gol já nos acréscimos, com um a menos desde os 38 minutos do primeiro tempo. Com o resultado, a equipe perdeu a chance de ocupar momentaneamente a terceira colocação.

Os primeiros segundos pareciam indicar uma forte pressão do Palmeiras, mas os 30 minutos iniciais foram mornos, com preocupações adicionais por conta das saídas de Luiz Adriano e Douglas Baggio por problemas musculares. A situação ficou pior para os visitantes quando Mayke acabou expulso aos 38, após o árbitro ter sido chamado pelo VAR. O Goiás, então, chegou com perigo, mas o marcador permaneceu 0 a 0.

Na segunda etapa, a história não mudou, com alguns contra-ataques dos visitantes e defesas de Tadeu. Já o Esmeraldino teve apenas duas chances de abrir o placar e não desperdiçou em uma delas, com Miguel. Vale lembrar que a equipe paulista tinha mais de 20 desfalques, a maioria deles por conta dos contaminados por Covid-19.

Expulsão de Mayke deixou equipe com um a menos desde o primeiro tempo (Cesar Greco/Agência Palmeiras)
Expulsão de Mayke deixou equipe com um a menos desde o primeiro tempo (Cesar Greco/Agência Palmeiras)
Foto: LANCE!

O próximo compromisso do Palmeiras, com 34 pontos e ainda na quinta colocação, será contra o Athletico-PR, no Allianz Parque, no dia 28, sábado, às 17h. Antes disso, porém, viaja para enfrentar o Delfín, no Equador, pelo jogo de ida das oitavas da Libertadores, em 25 de novembro, às 19h15. Já o Goiás, lanterna com 15 pontos, viaja para duelar contra o Fortaleza na quinta (26), pelo Brasileiro, às 20h.

TABELA

Primeiro tempo 'maluco' na Serrinha

Logo nos primeiros segundos, o Goiás saiu errado com a bola e Luiz Adriano quase abriu o marcador em dois chutes diferentes, ambos parados por Tadeu. No entanto, os donos da casa conseguiram encontrar tranquilidade para obter mais posse de bola e equilibrar o confronto, mesmo com as investidas mais ofensivas dos visitantes, apesar de sem perigo. Somente perto dos 20 minutos foi que o Palmeiras conseguiu, em lance de Lucas Lima para Marcelinho, criar uma chance, mas a bola foi pelo lado de fora da rede.

Uma substituição para cada lado aos 25 minutos, Luiz Adriano e Douglas Baggio saíram com lesões musculares, aparentemente, para as entradas de Fabrício, estreante, e Shaylon. A partida continuou morna e, aos 38, Mayke acabou expulso (com chamada do VAR) após entrada dura em Taylon. Com um a menos, Keko conseguiu avançar pela esquerda e passar para Shaylon, que quase abriu o marcador.

Depois, aos 41, novamente Keko partiu pelo lado do campo e Weverton precisou realizar uma grande defesa no contrapé (o impedimento foi marcado na sequência). A resposta veio em seguida com Marcelinho.

Segundo tempo morno e golaço nos acréscimos

O começo de jogo foi bastante protocolar, sem surpresas em nenhum dos lados e melhor posicionamento defensivo do Palmeiras em comparação com o fim da primeira etapa. No entanto, na parte ofensiva praticamente nada foi produzido. Aos 14, grande oportunidade de o Esmeraldino abrir o marcador, com cruzamento de Jefferson direto na cabeça de Fernandão, para fora.

A melhor chance do time visitante veio aos 25 minutos, com saída errada do Goiás e retomada de bola pela esquerda com Patrick de Paula, que passou para Ramires na entrada da área, mas o chute foi mais fraco que o esperado e a bola ficou nas mãos do Tadeu. Depois, o goleiro novamente trabalhou aos 34, com chute de fora da área de Patrick.

No entanto, foi do Goiás, já nos acréscimos, que o gol saiu. Miguel, que entrou na segunda etapa, arriscou de longe e acertou no ângulo de Weverton, sem chance de defesa.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 1 x 0 PALMEIRAS

Local: Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia (GO)

Data e Horário: 21 de novembro de 2020 (sábado), às 21h (de Brasília)

Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)

Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ)

VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Cartões amarelos: Renan, Abel Ferreira e Gabriel Menino (Palmeiras); Miguel (Goiás)

Cartões vermelhos: Mayke (Palmeiras)

GOLS: Miguel, aos 46 minutos do segundo tempo.

GOIÁS: Tadeu; Taylon (Rafael Moura, aos 23'/2ºT), David Duarte, Fábio Sanches e Jefferson (Rodrigues, aos 33'/2ºT); Breno, Ariel Cabral (Miguel Figueira, aos 33'/2ºT) e Gustavo Blanco (Alyson, no intervalo); Keko, Fernandão e Douglas Baggio (Shaylon, aos 25'/1ºT). Técnico: Augusto César (interino)

PALMEIRAS: Weverton; Emerson Santos, Gustavo Gómez, Renan; Marcos Rocha, Patrick de Paula, Ramires e Mayke; Lucas Lima (Lucas Esteves, aos 42'/1ºT), Marcelinho (Gabriel Menino, aos 42'/1ºT) e Luiz Adriano (Fabrício, aos 25'/1ºT); (Luan, aos 44'/2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

*Sob supervisão de Vinícius Perazzini.

 

Veja também:

Confira a repercussão da morte de Maradona na Argentina e pelo mundo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade