0

Com susto, United vence Leicester na estreia da Premier League

Red Devils são pressionados no fim, mas asseguram os primeiros três pontos da temporada

10 ago 2018
17h57
atualizado às 18h30
  • separator
  • comentários

Na abertura da Premier League, o Manchester United bateu o Leicester City por 2 a 1 em Old Trafford. Com gols de Paul Pogba e Luke Shaw, os comandados de Mourinho começaram a temporada com pé direito na busca pelo título que não vem desde 2013. Jamie Vardy descontou para os Foxes.

Pogba, melhor em campo, deixou sua marca
Pogba, melhor em campo, deixou sua marca
Foto: AFP / Lance!

COMEÇO ANIMADOR

Logo no início da partida, os Red Devils saíram na frente através de um pênalti onde a bola resvalou no braço de Amartey e Paul Pogba converteu, aos três minutos. Com a vantagem, Mourinho recuou o time ainda na primeira etapa e deu a chance do Leicester criar oportunidades para o empate, mas De Gea, como sempre, salvou a pele dos Red Devils.

CAPITÃO CORRESPONDEU

Envergando a faixa de capitão do United, Paul Pogba fez jus a confiança depositada por José Mourinho e ditou o ritmo do jogo. Abriu o placar do embate logo nos primeiros movimentos da partida e foi presente em praticamente todas os momentos ofensivos dos Red Devils.

Fez lançamentos, driblou, marcou, organizou o meio de campo e fez aquilo de sabe de melhor, deu qualidade ao passe na saída de bola entre as linhas. Foi o melhor jogador red devil em campo.

ESTREIA DE FRED E CHANCE A ANDREAS PEREIRA

Apesar de serem advertidos com cartões amarelos durante a partida, os brasileiros tiveram atuações consistentes e não comprometeram a linha de meio campo do United.

Fred, debutando em Old Trafford e na Premier League, não se omitiu e se apresentou para o jogo por diversas vezes. Ainda se entrosando com Pogba, o brasileiro arrancou aplausos da torcida presente no estádio ao ser substituído no meio do segundo tempo.

Já Andreas Pereira recebeu mais uma oportunidade para mostrar seu futebol e ficou os 90 minutos em campo, coisa rara em jogos de Premier League. Formando a segunda linha ao lado de Fred e Pogba, ditou o ritmo do ataque dos Red Devils e foi um dos jogadores mais regulares da partida.

ATAQUE APAGADO

Marcus Rashford e Alexis Sanchéz formaram o ataque titular do United e não fizeram uma partida com muita inspiração. Apesar da velocidade que lhes são características, a dupla teve um jogo marcado por erros infantis e tomada de decisões equivocadas. O chileno perdeu a posse de bola por 23 vezes durante o decorrer da partida.

UNITED REPETE POSTURA DA ÚLTIMA TEMPORADA

Uma das principais críticas feitas ao United na temporada passada foi a de que o time abria o placar e se escorava no placar mínimo. Durante grande parte da partida, os comandados de Mourinho reeditaram a atuação de inúmeros jogos do último campeonato. Desistiram de atacar e criar jogadas para apostarem nos contra-ataques em velocidade, que na maioria das vezes, acabava não sendo a melhor opção pela má atuação do setor ofensivo.

REDENÇÃO DE LUKE SHAW

Criticado por conta de sua condição física durante a pré-temporada, o lateral-esquerdo fez uma partida bastante consistente e foi premiado com um belo gol, aos 37 do segundo tempo, que acabou sendo o da primeira vitória do time na temporada. Shaw, que sofreu com lesões durante os últimos anos, pode ter nesse campeonato a chance de se tornar o jogador que o United desejou ao contratá-lo.

SUSTO NOS MINUTOS FINAIS

Aos 47 do segundo tempo, Jamie Vardy descontou para o Leicester com uma pitada de sorte e colocou fogo na partida. No último lance, Schmeichel foi para área e chegou a testar em direção à meta, mas não conseguiu ser o herói do jogo.

*Sob supervisão do editor Hugo Mirandela

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade