0

Com piora do quadro de COVID-19 no estado, data de retorno do Gauchão fica em xeque

Governo do Estado emitiu nota questionando a possibilidade de volta da competição no dia 19 de julho entendendo que seria mais prudente a postergação desse calendário

28 jun 2020
15h20
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

As mudanças de bandeira para status de maior risco de contágio em várias regiões do Rio Grande do Sul tiveram efeito, também, na análise do Governo do Estado sobre a volta do estadual marcada, anteriormente, para o dia 19 de julho.

Foto: Pedro Trindade/FGF
Foto: Pedro Trindade/FGF
Foto: Lance!

Tanto é que o processo de análise do protocolo entregue pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF) as entidades governamentais ainda não foi efetivamente concluído justamente diante da piora no quadro geral do estado. A informação foi publicada em nota oficial da Secretaria de Governança e Gestão Estratégica (SGGE).

Algo que, naturalmente, inclui a Região Metropolitana de Porto Alegre, do Vale dos Sinos e também da Serra Gaúcha, áreas que apresentavam um panorama mais favorável ao acontecimento dos jogos em sedes específicas.

Com isso, a nota oficial segue suas explanações entendendo como temerosa a possibilidade de retomar a competição no dia 19 de julho. Dentro da avaliação já feita pela SGGE, "além da possibilidade das bandeiras vermelhas, o Estado estará em uma época que, historicamente, ocorre o pico da demanda de internações por Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG) no RS. Portanto, trata-se de um momento especialmente importante em termos de medidas para conter a disseminação do coronavírus."

O secretário da pasta, Claudio Gastal, entende como natural a solicitação feita pelo governo e, mediante a relação estabelecida entre as partes, esse tipo de pedido não deve gerar qualquer insatisfação:

- Como estamos com um bom diálogo com a Federação, que compreende a situação que estamos passamos no Estado, vamos estender essa análise por mais um período para tomarmos a decisão mais sensata e segura possível. O interesse de todos os envolvidos é de não colocar a vida de ninguém em risco.

Veja também:

Colunista do L! critica falha na coleta dos exames da Covid-19 em jogos do Brasileiro
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade