0

Com objetivos opostos, Vila Nova e Criciúma fazem duelo "nervoso"

No sábado, o Tigre goiano e catarinense jogam neste sábado, às 19h30, no Serra Dourada. Colorado ainda acredita no acesso, o Carvoeiro, por sua vez, quer se afastar do Z4

16 nov 2018
18h09
atualizado às 18h09
  • separator
  • 0
  • comentários

Vila Nova e Criciúma fazem duelo nervoso pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, da Série B. Neste sábado, o Vila Nova, que ainda tem esperanças com o acesso, recebe o Criciúma, que deseja se afastar da zona de rebaixamento para conseguir a permanência, às 19h30, no Serra Dourada. O Colorado está na sétima posição, com 55 pontos. O Carvoeiro, por sua vez, está na 15ª colocação, com 43 somados.

VILA NOVA x CRICIÚMA - SÉRIE B (Foto: LANCE!)
VILA NOVA x CRICIÚMA - SÉRIE B (Foto: LANCE!)
Foto: Lance!

O treinador da equipe goiana, Hemerson Maria, que não terá desfalques para o duelo, destacou que o jogo será tenso para os dois lados, por toda circunstância que envolvem a partida. Mas ressaltou que tem condições de garantir os três pontos.

- O Criciúma está buscando a vitória para escapar de vez do rebaixamento. Uma equipe que vem pressionada como o Criciúma arruma força de onde não tem, se mobiliza mais. Eles viajaram para Porto Alegre, treinaram no CT do Grêmio, anteciparam a viagem. Temos que tomar as precauções e ter a consciência que estamos jogando bem em casa. Será um grande jogo, nervoso, difícil, mas jogando no nosso limite temos condições de vencer - disse Hemerson Maria nesta sexta.

Do lado do Criciúma, o técnico Mazola Júnior encerrou a preparação sem dar pistas do possível time titular. O desfalque certo é o volante Marlon Freitas, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A tendência é que Jean Mangabeira, que ficou de fora no empate por 3 a 3 diante do CRB, retorne ao time titular.

- Não temos informação dos adversários. O Hemerson Maria fechou, então por que vamos dar desenhado ao adversário? No treino fechado o treinador tem liberdade e o atleta também, sai uma cobrança, uma discussão, além do plano tático, das movimentações, gostamos de simular a equipe adversária, isso não é bom ser externado. É uma metodologia que todo mundo usa, não sou muito a favor, mas na reta final, os momentos que estamos passando, temos que nos preservar - explicou.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES:

VILA NOVA: Rafael Santos; Maguinho, Wesley Matos, Diego Giaretta e Hélder; Geovane, Moacir, Mateus Anderson, Alan Mineiro e Juninho; Elias. Técnico: Hemerson Maria.

CRICIÚMA: Belliato; Sueliton, Sandro, Jacy e Marlon; Liel, Jean Mangabeira, Elvis e Eduardo; Andrew e Zé Carlos. Técnico: Mazola Júnior

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade