1 evento ao vivo

Com Ney Franco, Maurício 'ajusta' seu posicionamento em campo

O meia, de 19 anos, comentou sobre estar mais à vontade em campo com a nova posição em campo, trabalhada pelo treinador

18 set 2020
19h27
atualizado às 19h27
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Principal artilheiro e assistente do Cruzeiro na temporada, o meia Maurício comentou sobre seu novo posicionamento com o treinador Ney Franco, que assumiu o comando técnico da equipe há apenas oito dias.

Maurício vem sendo cobrado por melhores performances já que é o artilheiro e principal assistente do time no ano-(Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Maurício vem sendo cobrado por melhores performances já que é o artilheiro e principal assistente do time no ano-(Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Foto: Lance!

O jovem atleta, de 19 anos, disse se sentir melhor com a mudança e destacou a evolução do desempenho individual dele e da equipe e a tendência de crescimento ainda maior do futebol da Raposa com essa semana toda de treinamentos.

-Me senti um pouco melhor, porque estava jogando mais de segundo volante e meia. Um jogo bem mais apoiado, bem mais de posse e com o Enderson eu vinha jogando bastante de costas. Jogar de costas é muito mais difícil do que jogar onde estou jogando agora. Acho que vem dando certo no jogo e nos treinamentos. Houve uma melhora muito grande, não só no meu posicionamento, mas também no da equipe-disse, que celebrou a semana cheia de trabalho.

-Como tivemos essa semana cheia, dá para a gente trabalhar bastante, conhecer mais o estilo de jogo do professor e conseguir treinar bem para fazermos um excelente jogo contra o CSA. Esperamos até melhorar o nosso desempenho, ter uma equipe bem ofensiva, marcar pressão e conseguir ter uma grande posse para comandar o jogo contra o CSA- completou.

Autor de cinco gols e três assistências em 2020, o camisa 11 cinco estrelas falou ainda sobre a importância da união e do equilíbrio do time cruzeirense, composto muitos por jogadores revelados pelas divisões de base e outros atletas mais experientes.

-Essa mescla é bastante importante, com a molecada, nós garotos, e os experientes, ter essa experiência da malandragem com a juventude. Estamos sempre pedindo dicas para os jogadores mais experientes, nos ajudando e acho que isso vai fazer a gente formar um elenco e um time unido-concluiu.

Veja também:

Relembre goleadas marcantes na história do futebol
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade