0

Com Luis Fabiano, Vasco recebe o Palmeiras por melhor segundo turno

Sem atuar desde 8 de julho, atacante volta ao time de Milton Mendes com a responsabilidade de fazer gols no Brasileiro. Nos sete jogos fora, time não marcou em cinco

13 ago 2017
08h03
atualizado às 08h03
  • separator
  • comentários

A ausência de Luis Fabiano no time do Vasco desde o último dia 8 de julho prejudicou o ataque da equipe. Sete jogos foram disputados no período e em cinco, o Cruz-Maltino não fez gols. Às 16h deste domingo, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), diante do Palmeiras, o atacante está de volta e com a missão de acabar com esse problema, de olho em um melhor segundo turno no Campeonato Brasileiro - que abre justamente no jogo. O site do LANCE! transmite em tempo real.

O Vasco não vence há três jogos e vê neste domingo uma boa chance de um recomeço. O objetivo principal da equipe no Campeonato Brasileiro segue sendo a conquista de uma vaga na Conmebol Libertadores de 2018. Luis Fabiano comentou sobre as expectativas que cercam os jogadores cruz-maltinos ao longo da disputa das rodadas da competição, enfatizando que um time do tamanho do Vasco não pode ficar brigando contra o rebaixamento.

- Buscaremos nesse segundo turno ser um time mais forte, até mesmo para que a gente consiga atingir os nossos objetivos, somar o máximo de pontos possível e fazer um segundo turno muito bom. Um time gigante como o Vasco não pode pensar em brigar na parte de baixo da tabela, mas sim em coisas maiores. Esse é o nosso objetivo. Pensar lá em cima, brigar lá em cima, e, se Deus quiser, garantir uma vaga na Libertadores - afirmou Luis Fabiano ao site oficial do Vasco.

Luis Fabiano ficou fora dos jogos do Vasco não por lesão. O Centro Avançado de Prevenção, Reabilitação e Rendimento Esportivo (Caprres), por meio do gerente científico Alex Evangelista, detectou a possibilidade da cartilagem do quadril do atacante acabar de forma precoce, e ficou definido este trabalho de prevenção. Fabuloso também comentou sobre este período fora e a torcida pelos companheiros.

- Estou muito feliz por estar retornando ao time. Fiquei um bom tempo trabalhando no CAPRRES e durante esse período torci bastante pelo grupo. Ficar de fora é difícil, pois você não pode entrar em campo e ajudar os companheiros. Agora retorno no segundo turno, no momento que a competição irá afunilar. Precisamos agora ser mais atentos e mais competitivos - enfatizou antes de completar sobre o que precisa mudar em relação ao primeiro turno, quando o Vasco foi goleado por 4 a 0 pelo Palmeiras em São Paulo:

- É simples apontar o que temos que mudar em relação ao jogo do primeiro turno. Nesse tipo de partida não pode haver bobeira, tem que entrar com concentração máxima. Não estávamos fazendo um má partida, mas demos bobeira e acabamos sendo goleados. Temos isso como lição. Temos entrar ligados desde o começo do jogo para fazer uma grande partida e levar os três pontos.

Como a música que embalou a torcida do Vasco na chegada de Luis Fabiano a São Januário no início do ano, neste retorno os vascaínos esperam realmente que o caô tenha acabado e os gols voltem a aparecer. Os seis gols já marcados na temporada podem aumentar porque qualidade com a camisa cruz-maltina Fabuloso já mostrou ter.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade