PUBLICIDADE
Logo do

Bahia

Meu time

Com Gilberto em dia inspirado, Bahia goleia o Altos pela Copa do Nordeste

Autor de 4 gols na goleada de 5 a 0, atacante ajuda o Esquadrão a tomar a ponta no Grupo A da competição; Jacaré desce na classificação do Grupo B

28 mar 2021
18h07 atualizado em 29/3/2021 às 10h26
0comentários
18h07 atualizado em 29/3/2021 às 10h26
Publicidade

E o torcedor do Bahia não poderia estar mais feliz. Em uma nova goleada na temporada, após aplicar 7 a 1 no Campinense, pela Copa do Brasil, a equipe derrotou o Altos pelo placar de 5 a 0, na tarde deste domingo, no estádio de Pituaçu, porém agora pela Copa do Nordeste.

Com o resultado, o Esquadrão subiu para a primeira colocação do Grupo A, somando 10 pontos, enquanto o Jacaré, com o revés sofrido, acabou caindo para a 6ª posição do Grupo B, porém mantendo seus 7 pontos.

Gilberto foi o nome do triunfo frente ao Altos (Felipe Oliveira / EC Bahia)
Gilberto foi o nome do triunfo frente ao Altos (Felipe Oliveira / EC Bahia)
Foto: Lance!

INÍCIO INTENSO POR PARTE DO BAHIA

Se a equipe do Bahia procurava resolver a parada logo na primeira etapa, parece que a tática deu certo. Antes dos primeiros 10 minutos completados, o Esquadrão abriu a contagem com Gilberto, após Marcelo derrubar o atacante na área, com a arbitragem marcando penalidade máxima. 1 a 0.

Na sequência, o camisa 9 quis mais. Mesmo com o Altos tentando igualar as coisas no lance seguinte, Gilberto não deixou barato e, após boa jogada de Rodriguinho, balançou a rede do arqueiro rival. 2 a 0.

RODRIGUINHO AMPLIA PARA O TRICOLOR

E para quem pensava que a equipe mandante iria tirar um pouco o pé do acelerador, pensou errado. Aos 20 minutos, foi a vez dele, Rodriguinho, que já havia dado uma assistência no segundo tento de sua equipe, aproveitar o cruzamento de Rossi pela direita, com o camisa 10 entrando sozinho para fazer. 3 a 0.

BAHIA MARCA MAIS UM

Após a pausa para a hidratação o Jacaré voltou aumentando um pouco seu volume de jogo. Em duas boas chances, conseguiu assustar com Klenisson e Manoel, dando serviço ao goleiro Douglas, tentando buscar, ao menos, um gol.

Porém, já na reta final da etapa, a equipe de Dado ampliou ainda mais a vantagem. Aos 49 minutos, outra vez ele, Gilberto, que havia marcado dois até então, acabou sofrendo pênalti de Rafael Araújo e, além de ocasionar a expulsão do zagueiro, fez o seu terceiro no confronto na cobrança. 3 a 0.

NINGUÉM SEGURAVA O HOMEM

E Gilberto estava mesmo disposto a marcar gols na tarde deste domingo. Após algumas trocas na volta para a segunda etapa, o Altos ainda insistia em tentar amenizar a goleada que estava sofrendo. Mas foi em vão.

Aos 15 minutos, após ótimo lançamento de Rossi, o camisa 9, embalado em campo, não titubeou e, com precisão, mandou para o fundo das redes de Marcelo. 5 a 0.

RETA FINAL SEM EMOÇÕES

Ainda com o Jacaré lutando para encontrar o gol de honra, o Bahia praticamente administrava o resultado. Com isso, sem acréscimos, o árbitro acabou encerrando o duelo, para a comemoração dos atacantes do Tricolor na tarde inspirada em Salvador.

FICHA TÉCNICA

BAHIA x ALTOS - 6ª RODADA DA COPA DO NORDESTE

Estádio: Pituaçu, em Salvador (BA)

Data: 28 de março de 2021, às 16h (de Brasília)

Árbitro: Luiz César de Oliveira Magalhães (CBF-CE)

Assistentes: Renan Aguiar da Costa (CBF-CE) e Yuri Rodrigues Cunha (CBF-CE)

Cartões amarelos:

Cartões vermelhos: Rafael Araújo (ALT)

GOLS: Gilberto, 5'/1ºT (1-0); Gilberto, 7'/1ºT (2-0); Rodriguinho, 20'/1ºT (3-0); Gilberto, 50'/2ºT (4-0); Gilberto, 15'/2ºT (5-0).

BAHIA (Técnico: Dado Cavalcanti)

Douglas Friedrich; Nino Paraíba (João Pedro, aos 25'/2ºT), Conti, Lucas Fonseca e Matheus Bahia; Edson (Ramon, no intervalo), Patrick (Raniele, aos 18'/2ºT) e Daniel; Rodriguinho (Gabriel Novaes, aos 26'/2ºT), Rossi (Alesson, aos 35'/2ºT) e Gilberto.

ALTOS (Técnico: Fernando Tonet)

Marcelo; Gean, Lobo, Rafael Araújo e Nickson (Ronan, no intervalo); Du Santos, Netinho (Jorginho, no intervalo) e Juninho Arcanjo (Roger Gaúcho, aos 32'/2ºT); Klenisson (Leandro Amorim, no intervalo), Betinho e Manoel (Cesinha, aos 17'/2ºT).

Lance!
Publicidade
Publicidade