0

Com força máxima, São Paulo busca vencer o Goiás para ser líder

Fernando Diniz tem praticamente todos os jogadores à disposição e conta com retrospecto recente favorável para chegar à liderança do Brasileirão e ganhar ainda mais moral no ano

3 dez 2020
08h03
atualizado às 09h25
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O São Paulo pode ser líder isolado nesta quinta, caso vença o lanterna Goiás, em duelo adiado da 1ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 19h, no Estádio da Serrinha, em Goiânia. O Tricolor é o segundo colocado na tabela da competição, com 41 pontos, um a menos que o líder Atlético-MG. Caso vença, a equipe vai para 44, a dois de distância do Galo.

São Paulo vem em grande fase no ano e quer ser líder do Brasileirão (Foto: Tiago Caldas/Agência Lancepress!)
São Paulo vem em grande fase no ano e quer ser líder do Brasileirão (Foto: Tiago Caldas/Agência Lancepress!)
Foto: Lance!

Para isso, o técnico Fernando Diniz contará com praticamente todos os seus jogadores. As exceções são o zagueiro Walce e o meia Liziero, lesionados. A última vez que isso aconteceu foi na 12ª rodada do Brasileirão, no empate contra o Internacional, por 1 a 1, em 26 de setembro.

Naquela ocasião, Diniz não pôde contar com Walce, Liziero e Rojas. O último já está de volta aos trabalhos e foi relacionado para os últimos três jogos e à disposição da comissão técnica depois de dois anos afastado por lesões no joelho. Portanto, o Tricolor conta com praticamente todos os jogadores para continuar a série de bons resultados e chegar à liderança do Brasileirão.

Retrospecto recente anima

Falando em bons resultados nos últimos jogos, o São Paulo vem de um mês de novembro praticamente perfeito. Sem perder há quase três meses no Brasileirão, o time de Fernando Diniz também não foi derrotado em outros campeonatos, com isso terminou o mês invicto. Em nove jogos, foram sete vitórias e dois empates, com direito a classificação para as semifinais da Copa do Brasil.

Neste período, o que chama a atenção é o bom equilíbrio entre defesa e ataque. Nesses nove jogos, foram 23 gols marcados e onze sofridos, ou seja, um ataque produtivo com uma defesa que não leva muitos gols. A defesa, inclusive, é a melhor do Brasileirão, com apenas vinte gols sofridos.

Com todos esses ingredientes positivos, o São Paulo quer a vitória contra o Goiás para ser líder do Brasileirão e ganhar ainda mais moral na sequência da temporada, que promete bons frutos para a equipe.

* Sob supervisão de Marcio Monteiro

Veja também:

Ceni tem o 2º pior aproveitamento do Fla nos últimos 10 anos
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade