0

Com dúvidas para o próximo jogo, Flamengo se reapresenta no Ninho

Dorival Júnior comanda atividade no CT visando o duelo com o Santos, na quinta-feira. O Rubro-Negro não contará com Renê, Arão e Lucas Paquetá, suspensos, além de Trauco

12 nov 2018
12h29
atualizado às 12h38
  • separator
  • 0
  • comentários

O Flamengo tenta deixa para trás a derrota no clássico contra o Botafogo - 2 a 1 no sábado -, a qual dificultou a conquista pelo título do Campeonato Brasileiro, e iniciou a preparação para o jogo contra o Santos, pela 34ª rodada. No duelo, fundamental para a classificação do Rubro-Negro para a Libertadores do ano que vem, o técnico Dorival Júnior terá que fazer mudanças na equipe. Willian Arão, Renê e Lucas Paquetá, três titulares, cumprirão suspensões e são baixas.

A atividade da manhã desta segunda-feira não indicou quais serão as opções do treinador. Quem atuou como titular na partida contra o Botafogo só foi ao gramado na primeira parte do treino, finalizando o trabalho regenerativo no módulo interno do Ninho do Urubu. No período aberto à imprensa, Dorival Jr comandou um coletivo em campo reduzido, cobrando bastante intensidade.

Rômulo foi elogiado e pode ganhar chance com Dorival Júnior (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Rômulo foi elogiado e pode ganhar chance com Dorival Júnior (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Foto: Lance!

O meio de campo do Flamengo será reformulado para o duelo no Maracanã. A volta de Diego ao time titular é certa, mas o camisa 10 pode tanto atuar mais à frente - substituindo o suspenso Lucas Paquetá - ou como segundo homem do setor, ajudando o volante Cuéllar na saída de bola, na função de Willian Arão.

Se optar por Diego mais próximo à área, Dorival tem Rômulo, Piris da Motta e Jean Lucas como opções de volantes no elenco. O primeiro, apesar de não ter rendido o esperado durante a temporada, foi recentemente elogiado. Dorival ressaltou os bons treinos de Rômulo, lamentando ainda não ter tido a chance de utilizá-lo. Assim, as suspensões podem dar ao técnico tal oportunidade.

DIEGO NÃO VAI A CAMPO, MAS NÃO É PREOCUPAÇÃO

A exceção entre os jogadores do elenco principal no treino desta segunda foi o meia Diego, o único, contando com os titulares no jogo contra o Botafogo, que não foi a campo nem para a primeira parte do treino. O camisa 10 permaneceu na academia do centro de treinamento, realizando um trabalho específico.

A expectativa da comissão técnico é de que o jogador volte a participar integralmente das atividades com o elenco nesta terça-feira. O treino está marcado para às 15h30. Segundo o clube, a condição de Diego não preocupa.

Entre os lesionados, quem esteve no gramado acompanhando o fim do treino foi o zagueiro Juan, que se recupera de cirurgia no tornozelo direito, realizada em setembro. O goleiro Diego Alves e o atacante Geuvânio são esperados no Ninho na parte da tarde para darem sequências aos respectivos tratamentos.

NA LATERAL, SOLUÇÃO PODE SER A IMPROVISAÇÃO

Sem Renê, suspenso, e Trauco, a serviço da seleção peruana, Dorival não tem um lateral-esquerdo de origem para a próxima partida. A solução pode ser a improvisação de Pará - atual titular do lado direito -, com o retorno de Rodinei, camisa 2, à equipe. Atuar improvisado pela esquerda não é novidade para Pará.

Se optar pelas categorias de base, o nome mais cotado é o de Michael, atual titular do time sub-20 do Flamengo. No treino desta segunda, no entanto, o garoto não participou do treino do elenco principal. Ainda há mais dois treinos antes da partida contra o Santos, caso Dorival queira observar o atleta da base.

Como os titulares fizeram um trabalho na academia, dois jovens completaram a parte final do treino no Ninho: o meia João Gabriel e o volante Daniel Cabral.

COM GOLAÇO, HENRIQUE DOURADO SE DESTACA

O cruzamento veio da direita, Henrique Dourado ajeitou o corpo e, de primeira, soltou uma bomba de pé esquerdo no ângulo. O lance mais bonito do treino foi protagonizado pelo Ceifador, que busca recuperar espaço na equipe principal. O camisa 19 voltou a marcar outro gol no fim do treino, em jogada de Piris.

Sob o comando de Dorival Júnior, Fernando Uribe ganhou sequência entre os titulares. São seis rodadas seguidas do colombiano, que teve uma melhora de desempenho, marcando gols contra São Paulo, Fluminense (dois) e Paraná.

Desta forma, Henrique Dourado não tem sido utilizado pelo treinador: foram apenas 17 minutos em campo contra o Paraná, pela 30ª rodada do Brasileirão.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade