0

Com apenas 3 vitórias, Flu não possui bom retrospecto no Mané Garrincha

Palco do próximo jogo não traz boas recordações. Nos últimos dez jogos, apenas uma vitória, justamente contra o Corinthians, rival do próximo domingo

14 set 2019
08h02
atualizado às 08h02
  • separator
  • 0
  • comentários

Com 15 pontos e ocupando a 17ª posição, o Fluminense está dentro da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Precisando reagir o mais rápido possível, o Tricolor enfrenta no próximo domingo o Corinthians, em partida que encerra o primeiro turno da competição.

Fluminense recebeu R$ 800 mil para vender o mando de campo (Foto: Nelson Perez/Fluminense)
Fluminense recebeu R$ 800 mil para vender o mando de campo (Foto: Nelson Perez/Fluminense)
Foto: Lance!

Em caso de derrota, além de aumentar a crise, o time vai igualar a pior campanha após 19 rodadas, que foi a de 2009. Por isso, só a vitória interessa. No entanto, o Fluminense não pode se apegar ao palco da partida. O Mané Garrincha, que fica em Brasília, não traz boas recordações aos tricolores.

Em 19 partidas no estádio, o Fluminense soma três vitórias, oito empates e oito derrotas, marcando 16 gols e sofrendo 25, obtendo um aproveitamento de 29,82%. Esse ano por exemplo, o Tricolor já jogou por lá e foi derrotado para o Vasco, por 1 a 0, em jogo válido pela 5ª rodada da Taça Guanabara.

A situação fica ainda mais inusitada quando analisamos os últimos dez jogos. Nesse período foram seis derrotas, três empates e apenas uma vitória, justamente contra o próximo adversário. Na ocasião, o Tricolor venceu o Corinthians por 1 a 0, gol de Cícero, pela 8ª rodada do Brasileiro.

Para jogar em Brasília, o Fluminense vendeu o mando de campo por R$ 800 mil, situação que ocorreu logo após a posse do presidente Mário Bittencourt. O dinheiro já foi recebido e utilizado para pagar salários atrasados. O clube ainda vai receber um percentual da venda de ingressos.

TABELA
Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

A tendência é de que os corintianos ocupem a maior parte do estádio, fazendo com que a atmosfera seja a favor dos visitantes. No entanto, Caio Henrique afirmou que isso não vai interferir no andamento da partida dentro de campo.

- Essa questão de torcida não vai pesar. Lá dentro são onze contra onze. Já ficou bem claro para nós como o Corinthians deve se comportar. É uma equipe que se defende bem e espera os erros do adversário. Então temos que minimizar os erros e aproveitar as oportunidades de matar o jogo - opinou Caio Henrique.

RELEMBRANDO

Dentre os relacionados para aquele confronto, apenas o lateral-direito Igor Julião ainda faz parte do elenco do Fluminense, porém o jogador ficou no banco de reservas e não participou da partida. Do lado do Corinthians, a lista aumenta. Os goleiros Cássio e Walter, o lateral-direito Fagner e o técnico Fábio Carille, permanecem no clube paulista e enfrentaram o Tricolor em 2016.

Naquele jogo, o técnico Levir Culpi escalou o Fluminense com Diego Cavalieri, Jonathan, Gum, Henrique e Wellington Silva; Edson, Douglas, Cícero, Gustavo Scarpa e Marcos Júnior; Richarlison. Maranhão, Osvaldo e Magno Alves entraram no segundo tempo.

O Timão foi a campo com Walter, Fagner, Yago, Balbuena e Uendel; Elias, Bruno Henrique, Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto e Guilherme (atualmente no Fluminense); Luciano. No segundo tempo, Cássio, Camacho e Rodriguinho, foram a campo. O goleiro chegou a defender o pênalti, cometido por Yago, que acabou expulso, mas no rebote, Cícero fez o gol da vitória.

ÚLTIMOS DEZ JOGOS DO FLUMINENSE NO MANÉ GARRINCHA

Vasco 1 x 0 Fluminense - Carioca de 2019

Fluminense 0 x 2 Flamengo - Brasileiro de 2018

Fluminense 0 x 2 Palmeiras - Brasileiro de 2016

Fluminense 1 x 0 Corinthians - Brasileiro de 2016

Fluminense 2 x 2 Internacional - Primeira Liga de 2016

Fluminense 1 x 2 Flamengo - Carioca de 2016

Atlético-MG 4 x 1 Fluminense - Brasileiro de 2015

Fluminense 1 x 1 Bahia - Brasileiro de 2014

Botafogo 2 x 0 Fluminense - Brasileiro de 2014

Fluminense 1 x 1 Figueirense - Brasileiro de 2007

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade