PUBLICIDADE

Com a cabeça no Paulistão, Corinthians joga a 'vida' na Sul-Americana contra o Peñarol

Mancini resolveu poupar seis titulares já pensando na semifinal do estadual, indicando preferência de momento. Caso seja derrotado no Uruguai, Timão estará eliminado da Sula

13 mai 2021 07h02
ver comentários
Publicidade

O Corinthians se encontra em uma maratona decisiva na temporada, dividindo suas atenções entre o Campeonato Paulista e a Copa Sul-Americana. No momento em que a parte física apertou, Vagner Mancini, sua comissão técnica e a diretoria resolveram priorizar o estadual. No entanto, nesta quinta-feira, contra o Peñarol, no Uruguai, o time joga sua "vida" na competição continental.

Corinthians entra em campo pela Sula, mas vai deixar titulares para o Paulista (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Corinthians entra em campo pela Sula, mas vai deixar titulares para o Paulista (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Foto: Lance!

TABELA

GALERIA

A indicação de que o Paulistão foi priorizado veio com a lista de relacionados para a viagem para Montevidéu, que não contou com seis titulares da vitória por 4 a 1 sobre a Inter de Limeira, na última terça-feira. O resultado garantiu a vaga na semifinal do estadual, que deve ser disputada neste fim de semana. Ficaram fora da relação: Fagner, João Victor, Jemerson, Gabriel, Ramiro e Luan.

No momento, esses seis atletas fazem parte da equipe considerada titular, que deve atuar pela semifinal do Campeonato Paulista, o título mais próximo que o Corinthians tem a disputar. Como disse o técnico Vagner Mancini, em vídeo de bastidores da vitória sobre a Inter de Limeira, "faltam três jogos" para o clube buscar a taça. Um caminho bem mais "tranquilo" do que na Sul-Americana.

E a complicação do caminho corintiano na competição continental foi algo construído nas primeiras rodadas da fase de grupos, com o empate em 0 a 0 com o River Plate-PAR, fora de casa, e a derrota por 2 a 0 para o Peñarol, na Neo Química Arena, conquistando apenas um ponto em dois jogos, enquanto a equipe uruguaia, líder do grupo, conquistou nove pontos em três partidas.

Como o regulamento garante apenas o primeiro colocado de cada grupo nas oitavas de final da Copa Sul-Americana, a situação corintiana ficou muito difícil, já que será preciso vencer o Peñarol, fora de casa, para se manter vivo na competição. Se o duelo terminar empatado, os uruguaios precisarão de apenas uma vitória nos dois últimos jogos da chave (River Plate-PAR e Sport Huncayo) para se garantir na fase seguinte. Ao Timão, é vencer ou ser eliminado.

Ainda assim, Vagner Mancini leva uma equipe interessante ao Uruguai, com nomes como Cássio, Gil, Bruno Méndez, Fábio Santos, Camacho, Gustavo Mosquito, Mateus Vital e Jô. Além dos titulares que devem ficar no banco como Raul Gustavo, Lucas Piton, Otero e Cauê. Apesar de priorizar o Paulistão, o Corinthians vai brigar em boas condições com o Peñarol e se a atuação desse time for parecida com aquela contra o Novorizontino, pode voltar com vitória.

O Timão entra em campo nesta quinta-feira, às 21h30, em Montevidéu, para enfrentar o Peñarol-URU, pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. Neste momento, o Alvinegro ocupa a segunda posição no Grupo E, com quatro pontos, já os uruguaios lideram a chave como nove.

Lance!
Publicidade
Publicidade