2 eventos ao vivo

Clube do Japão adquire direitos de Edigar Junio junto ao Bahia

Atacante que estava emprestado pelo Esquadrão ao Yokohama Marinos foi comprado por outro clube nipônico, o V-Varen Nagasaki

29 out 2020
14h41
atualizado às 14h47
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Desde o ano passado atuando no futebol japonês com a camisa do Yokohama Marinos, o atacante brasileiro Edigar Junio permanecerá no país, mas de casa nova. Em informação confirmada pelo Bahia, anterior dono de seus direitos, o V-Varen Nagasaki fez a aquisição do atacante de 29 anos de idade para reforçar seu plantel.

Divulgação
Divulgação
Foto: Lance!

Em entrevista dada ao jornal 'Correio', o presidente Guilherme Bellintani afirmou que a ideia de Edigar era seguir no futebol asiático além de entender que, comercialmente, a transação foi feita dentro do valor de mercado imaginado.

Além disso, o dirigiente disse que não poderia dar maiores detalhes sobre números por compromisso comercial assumido:

- Pesou muito nessa transferência o grande desejo dele de não retornar ao Brasil e não podermos inscrever o atleta para o Campeonato Brasileiro até janeiro. (O valor foi) justo, compatível com o mercado, e ainda houve os dois empréstimos anteriores, sempre remunerados.

Desde que chegou ao futebol do Japão, ele fez 34 partidas com 14 gols assinalados e ficou marcado por fazer parte do grupo que levantou o título da elite local (J-League), algo que não era conquistado pelo clube há 15 anos.

Agora, irá para equipe que disputa a segunda divisão nacional, a J-League 2, que tem no elenco os brasileiros Daniel Freire (ex-Paraná e Sport), Caio César (ex-Avaí) e Luan, nome com forte ligação junto ao Atlético-MG onde ficou de 2013 até 2019.

Veja também:

10 jogadores que levaram uma Copa do Mundo nas costas
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade