5 eventos ao vivo

Clássico terá técnicos estrangeiros pela primeira vez desde 54

Ariel Holan fará sua estreia no comando do Peixe nesse sábado contra o São Paulo, que tem como técnico o também argentino Hernán Crespo. Duelo será no Morumbi

5 mar 2021
19h23
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Mais de 66 anos depois, Santos e São Paulo voltam a se enfrentar sob o comando de técnicos estrangeiros. Ariel Holan e Hernán Crespo são os treinadores dos dois gigantes paulistas atualmente e dois comandantes gringos no clássico é algo que aconteceu pela última vez em 1954.

Holan chegou ao Peixe na semana passada (FOTO: Divulgação/ Twitter do Santos)
Holan chegou ao Peixe na semana passada (FOTO: Divulgação/ Twitter do Santos)
Foto: Lance!

Em partida válida pelo Torneio Rio-São Paulo, o Santos do técnico italiano Giuseppe Ottina enfrentou o rival, que era comandado pelo argentino Alejandro Galán, conhecido como Jim Lopes. O jogo terminou com vitória do São Paulo por 2 a 1.

Ottina foi o treinador que antecedeu Lula na Era de Ouro da história do clube. Depois dele, o Santos só voltou a ter um técnico estrangeiro no final da década de 70, com o argentino Ramos Delgado, ídolo como jogador, que foi técnico entre 1977 e 1978.

Na década de 70, o clássico com técnicos estrangeiros não aconteceu por pouco. O argentino José Poy, que foi goleiro do São Paulo, comandou o time entre 1972 e 1976.

Depois de Ramos Delgado, o Peixe só voltaria a apostar em técnico estrangeiro em 2019, com Jorge Sampaoli, e depois em 2020, com o português Jesualdo Ferreira. Nesse período, o São Paulo não teve técnicos estrangeiros. O clube do Morumbi havia apostado entre 2015 e 2018 no colombiano Juan Carlos Osorio, o argentino Edgardo Bauza e o uruguaio Diego Aguirre.

O São Paulo de Crespo recebe o Santos de Holan neste sábado, às 19h, no Morumbi. O clássico é válido pela 3ª rodada do Campeonato Paulista.

Veja também:

E se as camisas dos clubes fossem inspiradas nos escudos?
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade