1 evento ao vivo

City pode quebrar recorde financeiro e tirar volante do Atlético de Madrid

Pep Guardiola entende que Rodri é o substituto ideal para Fernandinho e cogita pagar R$ 309 milhões para o Atleti. Essa seria a contratação mais cara da história dos Citizens

23 abr 2019
13h03
  • separator
  • 0
  • comentários

Após perder Lucas Hernández, o Atlético de Madrid pode ficar sem mais um jogador de seu elenco. O Manchester City, de Pep Guardiola, cogita pagar a multa rescisória, de 70 milhões de euros (R$ 309 milhões), de Rodri. O treinador espanhol acredita que o volante colchonero seja o substituto ideal de Fernandinho.

Rodri fez sua estreia na Espanha em 2018 (Foto: Reprodução)
Rodri fez sua estreia na Espanha em 2018 (Foto: Reprodução)
Foto: Lance!

O MAIS CARO
Com isso, Rodri se tornaria a transferência mais cara da história do Manchester City. O recorde é de Mahrez, que chegou no clube vindo do Leicester, por 68 milhões de euros (R$ 300 milhões, na cotação da época). Laporte, 65 milhões de euros (R$ 287 milhões) e Kevin De Bruyne, 61 milhões de euros (R$ 213 milhões), completam o top 3.LUCRO
O Atlético de Madrid sairia lucrando com a negociação, tendo em vista que pagou 25 milhões de euros (R$ 110 milhões) para tirar o jogador do Villarreal. Rodri é um dos mais atuantes do elenco: disputou todas as partidas da Liga dos Campeões e 29 das 33 do Espanhol.

ESPANHA
Aos 22 anos, Rodri chegou no Atleti em 2018. Na atual temporada marcou dois gols e foi convocado para a seleção espanhola, pela primeira vez, em 2018. Já soma com a Fúria seis jogos.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade