4 eventos ao vivo

City abre 2, mas sofre toma virada e vê Liverpool distante

Com um jogador a menos em boa parte do jogo, o time de Guardiola sofre três gols e perde para o Wolverhampton no Inglês

27 dez 2019
19h08
atualizado às 19h29
  • separator
  • 0
  • comentários

O Wolverhampton alcançou um feito para poucos ao vencer o Manchester City no turno e no returno da Premier League. Nesta sexta-feira (27), os Wolves protagonizaram uma virada histórica ao bater o City por 3 a 2 com gols de Traoré, Raúl Jiménez e Doherty. Sterling marcou os gols da equipe de Pep Guardiola.

Ederson foi expulso aos 12 minutos do primeiro tempo (Foto: PAUL ELLIS / AFP)
Ederson foi expulso aos 12 minutos do primeiro tempo (Foto: PAUL ELLIS / AFP)
Foto: LANCE!

Na Era Premier League, após 19 jogos, a atual campanha do Wolverhampton é a melhor do clube, que já foi campeão inglês em três ocasiões. A equipe ocupa a 5º colocação com 30 pontos. O City perdeu a oportunidade de assumir a vice-liderança e viu o sonho de mais um título inglês cada vez mais distante, já que o Liverpool abriu 14 pontos de vantagem para o 'citizens'.

A partida mostrou que seria movimentada e emocionante logo aos 12 minutos quando Ederson tomou cartão vermelho direto ao fazer falta em Jota próximo a entrada da área. Kun Aguero, que voltou recentemente de lesão, foi sacado do time para a entrada do goleiro Cláudio Bravo.

Com um a mais, o Wolverhampton partiu para o ataque e tomava as iniciativas no ataque quando Mahrez caiu na área após receber um pisão de Dendoncker. Após analise no VAR, o árbitro deu o pênalti para o City. Sterling foi para a cobrança e Rui Patrício defendeu, levando a torcida a loucura.

O VAR, no entanto, entrou em ação para mostrar que houve uma invasão de Coaudy durante a cobrança. Sterling bateu novamente no canto esquerdo, Rui Patrício defendeu, de novo, mas deu rebote para o próprio Sterling que só empurrou para as redes.

Na volta do segundo tempo os 'citizens' chegaram ao segundo gol, novamento com Sterling. O camisa 7 recebeu bela enfiada de De Bruyne e não precisou de três chances como no primeiro gol para tirar do goleiro do Wolves e ampliar. Com dois no placar e um jogador a menos, o City recuou e viu os donos da casa contarem com a ajuda da torcida para sufocarem os visitantes.

Os Wolves diminuíram com Traoré, que soltou uma bomba rasteira de fora da área no canto direito, sem chances para Bravo. O empate chegou com Raúl Jiménez após passe do autor do primeiro gol. Traoré cruzou para o mexicano que, sozinho na entrada da pequena área, só tocou para o fundo das redes.

Nos minutos finais, empurrado por uma torcida inflamada, os wolves chegaram a virada com gol de Doherty. O lateral tabelou com Raúl Jiménez e bate de canhota no cantinho de bravo, para fechar o placar da partida.

Veja também:

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade