0
Logo do São Paulo
Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

São Paulo

Cirurgia é bem-sucedida e Wellington Nem deve receber alta em breve

Atacante passou por intervenção para reconstrução de ligamentos no joelho direito nesta quinta-feira e terminará seu contrato no São Paulo fazendo recuperação no CT do clube

10 ago 2017
18h24
  • separator
  • comentários

Wellington Nem passou por cirurgia no joelho direito nesta quinta-feira e a intervenção para reconstrução de dois ligamentos no local foi considerada um sucesso. O atacante, emprestado ao São Paulo até dezembro e que terminará seu contrato com o clube fazendo tratamento no CT da Barra Funda, receberá alta em breve. Mas só deve voltar a jogar em 2018, fora do Tricolor.

O procedimento foi feita para corrigir a ruptura dos ligamentos cruzado anterior e colateral medial do joelho direito do jogador. A operação foi feita pela equipe do doutor Rene Abdalla, do HCor, e a expectativa é de que ele seja liberado para voltar para casa nos próximos dias.

Na programação traçada pelo São Paulo, Wellington Nem começará os trabalhos de fisioterapia em sua residência, sob supervisão do departamento médico do clube. Depois, iniciará os exercícios de recuperação no Reffis do CT da Barra Funda. Mas, por conta da lesão, não deve mais jogar pelo clube.

O atleta foi emprestado sem custos pelo Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, até o final da temporada e nunca convenceu. Bastante criticado pela torcida, o jogador de 25 anos disputou 25 jogos e só fez um gol pelo clube, na derrota por 3 a 2 para o Corinthians, em Itaquera, em 11 de junho, pelo Campeonato Brasileiro. A diretoria não pretende estender seu contrato.

Wellington Nem machucou o joelho pouco depois de sair do banco de reservas, na vitória por 4 a 3 sobre o Botafogo, no dia 29. A jogada em que sofreu o trauma foi no lance ocorrido aos 20 minutos do segundo tempo, em que foi marcado pênalti sobre ele - que Cueva desperdiçou. O zagueiro Joel Carli, do Botafogo, caiu sobre o joelho do atacante.

A ruptura dos ligamentos no joelho direito foi o último dos cinco problemas físicos que o jogador enfrentou desde fevereiro no São Paulo. Antes, ele teve estiramento no adutor da coxa esquerda, passou por artroscopia no joelho esquerdo para correção do menisco e sofreu também com lombalgia e um trauma no ombro direito.

Rubens Chiri / saopaulofc.net
Rubens Chiri / saopaulofc.net
Foto: LANCE!
LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade