0

Cinco mudanças para empolgar o torcedor do Santos neste início de ano

Invencibilidade no Campeonato Paulista e melhora de rendimento de peças-chaves do Peixe deixam os fanáticos pelo Alvinegro confiantes em um 2019 melhor para o clube

2 fev 2019
08h01
atualizado às 08h01
  • separator
  • comentários

Em quatro jogos oficiais na temporada de 2019, o Santos foi superior a todos os seus rivais, somou 12 pontos, marcou 11 gols e sofreu apenas um. Protagonista neste começo de temporada no Campeonato Paulista, o Peixe voltou a dar orgulho em seus torcedores. Embora o ano esteja apenas no começo, há, sim, motivos para se animar com a mudança de ânimo no Alvinegro. Abaixo, o LANCE! lista cinco mudanças para animar o santista.

FATOR SAMPAOLI

Jorge Sampaoli é a peça-chave na melhora de rendimento do Santos neste começo de ano (Foto: Ivan Storti/Santos)
Jorge Sampaoli é a peça-chave na melhora de rendimento do Santos neste começo de ano (Foto: Ivan Storti/Santos)
Foto: Lance!

Sampaoli e seu auxiliar, Jorge Desio, em ação (Foto: Ivan Storti/Santos)

O argentino Jorge Sampaoli é fator chave nas mudanças a serem listadas pelo L!. Assim, torna-se a mais importante delas. Sua contratação impulsionou peças do elenco a acreditarem mais no próprio potencial e, consequentemente, fez com que o rendimento do Santos crescesse jogo a jogo neste começo de ano.

Treinos intensos, postura agressiva da equipe para recuperar a bola, entrega dentro de campo, auto-confiança e futebol ofensivo. As ideias de jogo de Sampaoli têm feito bem ao elenco alvinegro.

FATOR JEAN MOTA

Jean Mota é a grande surpresa do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos)

O meio-campista de 25 anos é o retrato da mudança de postura do Santos em campo. Autor de três gols em quatro jogos até aqui, deu também duas assistências neste começo de 2019 e já se destaca como o jogador a ter participado de mais gols do Peixe no ano. Os números superam os da temporada passada.

Jean foi usado pelos últimos técnicos do Peixe e considerado um jogador importante dentro do elenco. Teve propostas para deixar o Alvinegro neste começo de 2019, mas optou por ficar e agora é um dos trunfos de Sampaoli dentro do time. Jogando mais próximo à área, tornou-se um definidor e tem espaço para evoluir ainda mais com o argentino.

FATOR OFENSIVIDADE

Sánchez tenta uma bicicleta durante o jogo (Foto: Ivan Storti/Santos)

Das ideias de jogo de Sampaoli, o jogo ofensivo é praticamente um casamento perfeito com o Santos, é como a torcida gosta de ver o time em campo. E é justamente assim que tem sido. Por enquanto, nenhum time do Paulistão marcou mais gols do que o Peixe (11).

Em campo, o que se viu até aqui é um time superior aos rivais e com amplo domínio da posse de bola durante as partidas contra Ferroviária, São Bento, São Paulo e Bragantino. Algo muito diferente de 2018, principalmente no primeiro semestre, sob o comando de Jair Ventura.

FATOR AGRESSIVIDADE

Ferraz tenta recuperar a bola rapidamente (Foto: Ivan Storti/Santos)

Se o rendimento de algumas peças cresceu - como é o caso de Jean Mota, Alison e outros nomes - a postura também mudou e não é só pela maior ofensividade. O Santos agora é um time agressivo sem a bola. Como pede Sampaoli, recuperá-la é a prioridade ainda no campo de ataque.

Tal novidade obriga o Peixe a ser veloz ainda com seus atacantes na tentativa de se defender. Na visão do argentino, a melhor defesa para a equipe é estar com a bola nos pés. Sem ela, é obrigação tentar uma recuperação ainda no campo de ataque, mantendo a bola longe do gol defendido por Vanderlei. Essa postura combativa deixa visível a entrega dos jogadores.

FATOR RETROSPECTO

Luiz Felipe comemora gol contra o São Paulo (Foto: Ivan Storti/Santos)

O Santos não começava tão bem o Paulistão desde 2007. Há 12 anos o Peixe não vencia as quatro primeiras partidas do estadual. Nem mesmo entre 2009 a 2013, quando Neymar e cia disputaram a competição, o Santos conseguiu tamanho bom retrospecto.

Em 2007, foram seis vitórias seguidas no começo do Campeonato Paulista. Para alcançar tal marca, o Peixe de 2019 precisa vencer o Ituano, neste domingo, às 19h, no Novelli Júnior, em Itu.

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade