6 eventos ao vivo

Cinco jogadores que podem reforçar e sanar problema do meio do Barça

Com as lesões de Rafinha e Sergi Roberto, o Barcelona começa a procurar opções para reforçar seu meio de campo. Jogadores podem vir do mercado ou das categorias de base

27 nov 2018
09h33
atualizado às 09h33
  • separator
  • 0
  • comentários

Com as lesões de Rafinha e Sergi Roberto, o Barcelona conta com desfalques importantes para compor seu meio campo, tendo em vista que as lesões reduzem as opções do elenco. A próxima janela de transferências se aproxima e o clube catalão tem algumas opções para reforçar o meio. Outra possibilidade é se voltar para as divisões de base, com novos jogadores que já chamam atenção e tem muito potencial.

O queridinho
Frenkie de Jong é o principal foco do Barcelona na janela de transferências. O meia holandês chama atenção pelo estilo de jogo clássico e passe refinado. Aos 21 anos, o jogador do Ajax é titular absoluto da equipe e da seleção holandesa. Manchester City, United e Real Madrid também monitoram o craque, mas o Barça já faz contatos com o Ajax desde a última janela.

Frenkie de Jong é desejo antigo do clube (Divulgação/AJAX)
Frenkie de Jong é desejo antigo do clube (Divulgação/AJAX)
Foto: Lance!

Opção francesa
O contrato de Rabiot com o PSG se encerra no meio de 2019. Dessa forma, nesse período, caso não renove, o francês pode sair de graça. Rabiot é outro desejo antigo do clube catalão e surge como opção a Frankie de Jong. O volante do PSG não seria uma aposta, como De Jong, tendo em vista que já adquiriu relevante experiência na França.

Técnica e força
Ndombele tem se destacado na equipe do Lyon. Volante que sabe misturar técnica e força física, o francês de 21 anos é uma das apostas da nova geração francesa de futebol. Seu valor de mercado é de 35 milhões de euros e o jogador tem contrato com o Lyon até 2023.

Prata da casa
Na base do Barcelona desde os 16 anos, Carles Aleñà foi promovido a equipe principal, nesta temporada, pelo treinador Ernesto Valverde. O meia tem o estilo característico dos meias formados pela base catalã, de bom passe e movimentação. A tendência é que ganhe mais chances na equipe titular e é a primeira opção, caso o Barça queira apostar nos pratas da casa e das opções do elenco, ao invés de correr ao mercado.

Prata da casa II
Aos 19 anos, Riqui Puig é uma das jóias do Barcelona. O meia chamou atenção na pré-temporada, ao jogar com a equipe principal, mas não teve outras chances. Atualmente defende o Barcelona B e já participou de 13 jogos. Apesar de inexperiente, o jogador é tido como craque e, com as faltas de opções, pode ser uma alternativa. Considerado como o "novo Iniesta", Puig já foi definido por Gattuso, ex-jogador e atual treinador do Milan, como "espetacular".

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade