0

Cigano é flagrado em antidoping, mas se defende: 'Nunca trapacearia'

Ex-campeão dos pesados do UFC foi flagrado em exame fora do período de competição

22 ago 2017
10h01
atualizado às 10h23
  • separator
  • comentários

Mais um grande nome do MMA brasileiro teve seu nome envolvido em um caso de doping. Dessa vez, Junior Cigano foi notificado pela Usada (Agência Antidoping dos Estados Unidos) a respeito de uma possível violação aos códigos de conduta do programa antidoping. O lutador nega o uso intencional de substâncias ilegais.

Na última sexta-feira, o Ultimate divulgou comunicado oficial em seu site explicando o alerta feito pela Usada a respeito de um teste surpresa feito em Cigano no último dia 10 de agosto, fora do período de competição e informando a saída do brasileiro do UFC 215, que acontece no dia 9 de setembro, quando enfrentaria Francis Ngannou, no Canadá.

Confira o comunicado:
"A organização do UFC foi informada pela Agência Antidoping Norte-Americana (USADA) de que Junior do Santos foi informado de uma potencial violação à Política Antidoping decorrente de uma amostra coletada em 10 de agosto de 2017, fora do período de competição. Por conta da proximidade com a luta marcada para o UFC 215, em Edmonton, no Canadá, na qual enfrentaria Francis Ngannou, Dos Santos foi retirado do card e o UFC está procurando um substituto.

A USADA, que administra de forma independente da Política Antidoping do UFC, vai analisar os resultados e administrar o julgamento apropriado para este caso. É importante ressaltar que um processo de revisão legal do caso é oferecido aos atletas antes de qualquer sanção ser imposta. Assim como em outras violações da Política Antidoping, informações adicionais serão fornecidas de acordo com o avanço do processo."

Em publicação no Instagram, Cigano afirmou que "jamais trapacearia" e sua equipe está investigando o caso para esclarecer o que aconteceu.

- Oi pessoal! Não estou aqui para dar explicações, logo tudo será esclarecido para todos vocês e sem dúvidas a verdade prevalecerá. Eu estou aqui em respeito a todos vocês. Só quero que saibam que essa situação tem sido bastante difícil para mim, meu time e minha família. Eu nunca trapacearia, isso vai contra tudo o que acredito e apoio. Nós estamos investigando isso a fundo e logo descobriremos o que aconteceu, aprenderemos com isso e seguiremos em frente. Mas eu espero que em um futuro próximo, Francis Ngannou e eu possamos nos enfrentar e dar a vocês a luta que estavam esperando ver. Por agora, muito obrigado por todo seu apoio, isso significa muito para mim e é por isso que estou aqui. Boa noite - publicou o ex-campeão dos pesados.

Oi pessoal Eu não estou aqui para dar explicações, logo tudo será esclarecido para todos vocês e sem duvidas que a verdade prevalecerá. Eu estou aqui em respeito a todos vocês. Eu só quero que saibam que essa situação tem sido bastante difícil para mim, meu time e minha família. Eu nunca trapacearia, isso vai contra tudo o que acredito e apoio. Nós estamos investigando isso a fundo e logo descobriremos o que aconteceu, aprenderemos com isso e seguiremos em frente. Mas eu espero que em um futuro próximo, Francis Ngannou e eu possamos nos enfrentar e dar a vocês, a luta que estavam esperando ver. Por agora, muito obrigado por todo seu apoio, isso significa muito para mim e é por isso que estou aqui. Boa noite.

Uma publicação compartilhada por Junior Cigano Dos Santos (@junior_cigano) em


Em sua última apresentação no octógono, Junior Cigano foi nocauteado por Stipe Miocic no primeiro round, em disputa pelo cinturão dos pesados que aconteceu no UFC 211, em maio.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade