PUBLICIDADE

Chamusca vê clássico equilibrado e admite que Botafogo precisa melhorar nas finalizações

Entretanto, Chamusca não acredita que o Alvinegro tenha dificuldade na saída de bola e deu os méritos ao Vasco por aproveitar a falha de Sousa

16 mai 2021 14h22
ver comentários
Publicidade

Na manhã deste domingo, o Botafogo perdeu para o Vasco por 1 a 0, no estádio Nilton Santos, no jogo de ida da final da Taça Rio. Na partida, os times só conseguiram acertar cinco bolas na direção do gol adversário - uma pelo lado do Glorioso e quatro pelo lado do Cruzmaltino. Em entrevista coletiva, o técnico Marcelo Chamusca analisou o clássico e admitiu que sua equipe precisa melhorar nas finalizações.

Marcelo Chamusca é o técnico do Botafogo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)
Marcelo Chamusca é o técnico do Botafogo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)
Foto: Lance!

- A gente tem tentando estabelecer um padrão ofensivo nas últimas semanas, colocar uma eficácia maior nos treinamentos. Falando em relação ao jogo, jogamos com um adversário direto na Série B e foi equilibrado. O Vasco não teve supremacia, até concordo que o Botafogo precisa melhorar nas finalizações. O Botafogo cresceu, principalmente na consistência defensiva. O Vasco teve muita dificuldade na nossa defesa, mas faltou força ofensiva, principalmente no segundo tempo depois do gol. Faltou qualidade e construção - disse Chamusca, que ainda completou.

- O jogo hoje foi de pouquíssimas finalizações dos dois lados, o Vasco até finalizou menos que o Botafogo, eles foram mais assertivos. Esses chutes que o Vasco criou no jogo foram de fora da área. Só teve uma finalização de dentro da área, que foi o gol. O jogo de muita marcação, truncado. Tecnicamente, foi muito abaixo da expectativa. O Botafogo tem muita dificuldade e a gente vem tentando trabalhando nesse aspecto durante a semana. Finalizamos mais mas só acertamos o alvo uma vez. O que dificulta um pouco é que são jogadores jovens, às vezes eles ficam ansiosos e a gente acaba pecando em um aspecto fundamental - finalizou.

O lance do gol vascaíno surgiu no começo do segundo tempo. Ainda no campo de defesa, perto da entrada da área, Sousa se enrolou com a bola e não conseguiu sair jogando. Como resultado, Léo Jabá recuperou a posse de bola para o Vasco e tocou para o artilheiro Germán Cano, que dentro da área, teve apenas o trabalho de concluir para o fundo das redes.

Na coletiva de imprensa, Chamusca recordou que esse foi o primeiro gol que o Botafogo sofre na saída de bola desde a sua chegada. Assim, ele acredita que esta não é uma dificuldade do Alvinegro e deu os méritos ao adversário por aproveitar a oportunidade.

- É o primeiro gol que o Botafogo toma aqui de saída de bola desde que eu cheguei aqui, então não é dificuldade. Nos outros jogos nós tivemos controle total das ações, mas hoje nós cometemos um erro. Esse erro foi decisivo porque o Vasco soube aproveitar, aí é o mérito do adversário. Mas eu não tenho a leitura que o Botafogo vem errando na saída de bola. A maioria dos gols que sofremos são com outras características. Isso não pode trazer uma preocupação exacerbada, vamos analisar com calma.

Lance!
Publicidade
Publicidade