0

Carlos Eduardo e Zé Rafael falam em nervosismo na estreia pelo Palmeiras

Dois dos reforços do Verdão para temporada 2019 entraram em campo diante do Botafogo-SP e ambos apontaram o nervosismo da estreia por não terem apresentado futebol melhor

23 jan 2019
23h50
  • separator
  • 0
  • comentários

A vitória do Palmeiras por 1 a 0 sobre o Botafogo-SP, no Allianz Parque, não trouxe muita emoção e esteve longe de encher os olhos, mas serviu para prestar a atenção em duas novidades do time da casa: os estreantes Zé Rafael e Carlos Eduardo. Ambos entraram em campo pela primeira vez com a camisa do clube e revelaram um sentimento em comum: o nervosismo.

Carlos Eduardo entrou no segundo tempo da vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo-SP (Foto: Ricardo Moreira/Fotoarena)
Carlos Eduardo entrou no segundo tempo da vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo-SP (Foto: Ricardo Moreira/Fotoarena)
Foto: Lance!

O primeiro dos dois a estrear foi o meia-atacante Zé Rafael, que recebeu oportunidade como titular da equipe de Felipão. Depois de começar bem, o jogador que veio do Bahia acabou caindo de produção e perdeu uma boa chance de gol no primeiro tempo. Para ele, um sentimento comum às situações como essa influenciou em sua atuação.

- Acho que foi um bom jogo, acabei sentindo um pouquinho esse primeiro jogo, a estreia, o nervosismo... Mas acho que foi um primeiro tempo muito bom, acho que a nossa equipe dominou, com volume de jogo, chances de gol. Acho que foi uma estreia boa, até pela vitória, acho que a gente merecia fazer um bom jogo em casa para ganhar confiança, ganhar corpo - declarou o meia na saída de campo.

Embora tenha revelado o nervosismo, Zé acredita que nos próximos jogos, com mais confiança e maior conhecimento dos companheiros, seu nível de atuação crescerá e conseguirá contribuir mais para o rendimento do time.

- Fiz uma partida bem segura, bem regular, vou ganhando confiança aos poucos, para poder arriscar as jogadas individuais, que é o meu forte. Então com o tempo vou ganhando confiança, ganhado corpo, vou conhecendo melhor os companheiros, acho que meu jogo vai crescer e fluir melhor - concluiu.Carlos Eduardo, por sua vez, também falou ficou nervoso ao estrear pelo Verdão. Ele, inclusive, errou pelo menos três passes que pareciam fáceis e acabou levando bronca de Felipão. Na saída de campo, o atacante prometeu que vai melhorar.

- Entrei nervoso no segundo tempo, isso atrapalhou um pouquinho, mas fui me soltando aos poucos. Preciso trabalhar mais, melhorar mais para ajudar a equipe, isso é só o começo, estou muito feliz aqui, mas agora é trabalhar - afirmou o ex-Goiás.

O estreante falou também sobre a questão física das duas equipes. Para Carlos Eduardo, a diferença no tempo de preparação está sendo refletida dentro de campo, outra coisa que, para ele, também tende a melhorar nas próximas rodadas.

- O time vem trabalhando desde o dia 3 de janeiro, eles estão trabalhando desde novembro, então eles estão com mais preparo, mais força, mas dentro de campo sobressai a qualidade, a gente fica feliz com a vitória, a gente precisa entrar na pegada porque o campeonato está começando agora - analisou o atacante.

O Palmeiras volta a campo no próximo domingo, às 19h, para enfrentar o São Caetano, fora de casa. O jogo é válido pela 3ª Rodada da primeira fase do Paulistão-2019.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade