0

Capitão do Guarani assume liderança como melhor passador da Série B

Didi, zagueiro titular do Bugre, chega para enfrentar o Vitória, nesta quinta-feira, como o jogador com melhor média de passes certos da segunda divisão do Brasileirão

22 out 2020
14h21
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Depois de nove dias sem jogos, o Guarani volta a campo nesta quinta-feira, às 21h30, diante do Vitória, no Barradão, pela 17ª rodada da Série B do Brasileirão. Apesar da preocupação com a campanha do Bugre que está na 17ª colocação na tabela da competição, o zagueiro Didi chega para a partida com um trunfo.

Capitão do Guarani, Didi é o melhor passador da Série B do Brasileirão (Foto: Divulgação/Guarani)
Capitão do Guarani, Didi é o melhor passador da Série B do Brasileirão (Foto: Divulgação/Guarani)
Foto: Lance!

Capitão da equipe há quatro jogos, o defensor assumiu o topo da lista de jogadores que mais acertam passes nesta edição da segunda divisão nacional, segundo o aplicativo de estatísticas SofaScore. Vale destacar que o jogador já foi o líder da mesma categoria na competição em 2019.

Após 15 partidas pelo Guarani, Didi está na liderança dessa estatística com uma média de 66,3 passes certos por partida (92% de acerto). Ele já supera o número que o colocou na liderança deste segmento no ano passado, quando atuou pelo Botafogo-SP, e teve média de 54,6 passes corretos por jogo (89% de acerto), em 19 apresentações realizadas.

- Mais uma vez, esses bons números aparecem em minha carreira. É uma característica minha e que coloco como diferencial para ligar a equipe ao ataque. Tenho essa facilidade por minha formação no Futsal do Santos e também aos dois anos em que atuei no Audax, do Fernando Diniz. Fico feliz por

ter essa liberdade aqui no Guarani. Tenho como objetivo individual sim, melhorar a marca do ano passado - disse o capitão do Bugre,

Outro fator de destaque de Didi nesta Série B pelo Guarani aparece no número de jogos disputados. Ele é quem mais atuou pela equipe na competição. Ao todo, foram 1350 minutos em campo pelo time de Campinas em 15 partidas, Walber foi o segundo que mais jogou com 1306 minutos, também em 15 jogos.

- Eu agradeço a Deus demais por esses números. Me lembro que há pouco mais de um ano, minha carreira estava parada por conta de uma lesão que tive na Turquia. Voltei bem no Botafogo e hoje, estou mantendo essa regularidade no Guarani. O esforço será o mesmo em toda esta Série B e quero ver o time na outra parte da tabela ao final campeonato. Treinamos muito nos últimos nove dias em que não tivemos jogos para fazer uma grande apresentação em Salvador - concluiu o defensor.

Guarani e Vitória se enfrentam a partir das 21h30, no Barradão, pela 17ª rodada da Série B. O Bugre chega para o desafio na 17ª colocação, com 17 pontos. O Rubro Negro é o 13º, com 19. Aos 29 anos, além do Guarani e do Botafogo, Didi atuou por equipes como Adanaspor, Audax, Guaratinguetá, CRAC, São Bernardo, Palmeiras B e Paulista.

Veja também:

Seleção feminina ganha camisas sem estrelas do masculino
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade