1 evento ao vivo

Campello x Monteiro: política do Vasco ferve cada vez mais

Presidentes da diretoria administrativa e do Conselho Deliberativo do clube travam embate nos últimos dias e terão encontro obrigatório nesta sexta-feira. Eleição se aproxima

23 jul 2020
07h31
atualizado às 09h23
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Nada é por acaso e nada passa batido na política do Vasco. Desta vez foram uma reunião convocada pelo presidente do Conselho Deliberativo do clube, Roberto Monteiro, e as medidas contra tal evento, tomadas pelo mandatário do Cruz-Maltino, Alexandre Campello. Os atos dos últimos dias esquentam os bastidores do clube às vésperas de nova reunião da Junta Deliberativa, nesta sexta-feira.

Campello e Monteiro são personagens importantes do Vasco (Rafael Ribeiro/Vasco; Paulo Fernandes/Vasco)
Campello e Monteiro são personagens importantes do Vasco (Rafael Ribeiro/Vasco; Paulo Fernandes/Vasco)
Foto: Lance!


Sobre a reunião e o cancelamento, a justificativa de Campello foi a corrente pandemia de Covid-19. A Secretaria Municipal de Saúde atendeu ao pedido e vetou a realização. Mas declarações públicas duras entre os personagens da política vascaína foram marcantes nos últimos dias. Um sugerindo segundas intenções do outro.

Tal encontro, que Roberto Monteiro desconvocou oficialmente nesta quinta-feira e promete remarcar para modo virtual, teria e terá como pauta a redação final da reforma do estatuto, já aprovada no Deliberativo, e que precisaria ser referendada pela casa. Em seguida, ela precisa ser votada na Assembleia Geral a ser convocada por Faues Mussa, presidente do órgão, para entrar em vigor.


O pano de fundo de tudo isso é o fato de as eleições do clube tenderem a ser diretas - pelo texto já aprovado - e o próximo pleito estar previsto para o fim deste ano. Oficialmente, todos no clube são favoráveis ao modo direto de escolha do próximo mandatário do Vasco.

O atual presidente, Alexandre Campello, que tem mantido silêncio público sobre a decisão de se candidatar ou não à reeleição, se manifestou no Twitter em meio à polêmica recente. Posicionou-se de forma favorável ao pleito de forma direta.

Fato é que os atores políticos do clube seguem se movimentando rumo à eleição. Seja para a definição dos últimos candidatos, seja sobre a não menos polêmica lista de sócios, que teve reinserções e exclusões de anistiados na última reunião da Junta Deliberativa do clube.

A decisão de duas semanas atrás promete repercutir também no encontro virtual dos poderes nesta sexta-feira. Estarão frente a frente - ou "lado a lado" -, separados por telas, Campello, Monteiro, Mussa e os presidentes dos outros poderes do clube: Edmilson Valentim, do Conselho Fiscal, e Silvio Godói, do Conselho de Beneméritos.

Veja também:

Saiba como está a preparação do Botafogo para a estreia do Brasileirão
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade