1 evento ao vivo
Logo do Vasco
Foto: terra

Vasco

Bruno Paulista lamenta jogar fora de São Januário: 'É o nosso Caldeirão'

Volante admite importância da Colina Histórica para o Vasco, mas diz que a equipe precisa estar preparada para atuar em qualquer estádio por conta de punição do STJD

17 jul 2017
19h45
  • separator
  • comentários

Por conta das confusões após o clássico contra o Flamengo, o Vasco foi punido pelo STJD e terá que atuar seis partidas longe de São Januário. Em coletiva após o treino desta segunda-feira, Bruno Paulista lamentou não poder atuar na Colina Histórica. No entanto, ele destacou que a equipe precisar estar preparada para atuar em qualquer lugar.

- Nós (jogadores) estávamos conversando que jogar em São Januário era melhor. Nós conhecemos o estádio. É o nosso caldeirão. Qualquer equipe que chega para jogar contra o Vasco em São januário, dá aquela tremida. Sobre a punição, infelizmente acontece dos torcedores ficarem revoltados. Isso (punição) não cabe a nós. A gente tem que ficar preparado para jogar em qualquer lugar para fazer um bom jogo - disse o volante.

Bruno Paulista acredita que pode fazer a função de Douglas, que foi vendido ao Manchester City. Segundo o volante cruz-maltino, ele já atuou assim em Portugal e gosta de fazer gols.

- O Douglas tem muita qualidade, graças a Deus ele foi vendido para um dos melhores times do mundo. Foi muito bom para ele. Todos nós sabemos que a função dele exige muito. Eu quando joguei no Bahia joguei de primeiro volante. Em Portugal eu atuei de primeiro e segundo. Posso jogar nas duas tranquilamente. Gosto de fazer gol também, de chutar bastante - disse Bruno, lembrando que tem concorrência no setor.

- Também temos o Jean, Wellington, o Gallo e o Andrei, todos de muita qualidade. Quem for entrar, tem que estar ligado - completou.

O volante está recuperado de um incomodo na coxa esquerda que sofreu na sua estreia, contra o Fla. Inclusive, retornou ao time no segundo tempo do empate em 0 a 0 contra o Santos. De acordo com ele, a ansiedade o atrapalhou um pouco no clássico contra o Rubro-Negro, mas garantiu que aos poucos entrar na sua melhor forma.

- Eu estava um pouco ansioso. Fiquei um ano sem jogar. Ansiedade atrapalhou um pouco. Mas graças a Deus não foi nada de mais, foi só um incômodo. Aos poucos eu vou formando a minha forma e espero ter um bom ano no Vasco.

Bruno Paulista entrou no segundo tempo no empate contra o Santos (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)
Bruno Paulista entrou no segundo tempo no empate contra o Santos (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)
Foto: LANCE!
LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade