0

Bruno Henrique elogia 'novo' Verdão e cita ensinamento que a Copa trouxe

Meio-campista considera que o Mundial ficou marcado por jogos emocionantes, algo que o Palmeiras terá de conviver no segundo semestre. Nesta quinta, o time enfrenta o Santos

16 jul 2018
15h15
atualizado às 15h15
  • separator
  • 0
  • comentários

Para Bruno Henrique, a Copa do Mundo mostrou com frequência um cenário que o Palmeiras poderá também encontrará no segundo semestre, na Libertadores e Copa do Brasil, competições de mata-mata. O volante citou que o principal ensinamento do Mundial, encerrado no domingo com o título da França, é o controle emocional dos jogos.

Bruno Henrique durante a entrevista coletiva desta segunda-feira, na Academia (Foto: Thiago Ferri)
Bruno Henrique durante a entrevista coletiva desta segunda-feira, na Academia (Foto: Thiago Ferri)
Foto: Lance!

- A Copa do Mundo foi bem legal. É um jogo um pouco atípico, bem emocional, bacana de assistir. A parte emocional, dos jogos na prorrogação, talvez a gente tenha no segundo semestre jogos assim, com exigência de uma intensidade grande, de uma tensão grande. Esta é a maior lição que podemos tirar - afirmou o meio-campista, nesta segunda-feira à tarde.

O próximo jogo oficial do Verdão será nesta quinta-feira, às 20h, contra o Santos, no Pacaembu. Será a retomada para as duas equipes no Campeonato Brasileiro, e o Palmeiras não terá Jailson, Luan, Moisés e Dudu, suspensos, além de Guerra e Borja, machucados.

A equipe deve ser escalada, portanto, com três meias: Hyoran, Lucas Lima e Gustavo Scarpa. Além das ausências já citadas, Keno foi negociado. Será, portanto, um time bem diferente, mas que Bruno Henrique considera capaz de tirar os oito pontos de distância para o Flamengo, líder do Brasileiro depois de 12 rodadas.

- Perdemos o Keno, o Borja está lesionado e o Dudu, suspenso, mas os que estão jogando (Lucas Lima, Hyoran e Scarpa) já jogaram juntos, só o Scarpa ficou um tempinho fora e voltou agora. Mas o tempo de treino facilitou para nos entrosar. Acho que não terá problema nenhum. Nos amistosos todos foram bem, acho que não teremos problemas no ataque - afirmou.

- Temos grandes chances, o campeonato está aberto ainda. Tem o segundo semestre ainda, temos chances de chegar e um de nossos focos é esse. Trabalhamos muito bem na intertemporada pra chegar forte - completou.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade