2 eventos ao vivo

Brasília pode ser sede do Abu Dhabi Grand Slam de Jiu-Jitsu em 2020

O deputado federal Julio Cesar Ribeiro planeja levar o torneio para a capital federal

2 nov 2019
21h37
  • separator
  • 0
  • comentários

Deputado federal eleito no Distrito Federal, Julio Cesar Ribeiro é um dos maiores entusiastas dos esportes na região. O parlamentar veio de Brasília ao Rio de Janeiro especialmente para assistir ao Abu Dhabi Grand Slam de Jiu-Jitsu, organizado pela AJP entre os dias 1° e 3 de novembro, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca.

O deputado federal Julio Cesar Ribeiro é um entusiasta da arte suave (Foto: divulgação)
O deputado federal Julio Cesar Ribeiro é um entusiasta da arte suave (Foto: divulgação)
Foto: Lance!

Atuante na área esportiva, já tendo passado pela Secretaria de Esportes, o deputado, que apoia eventos de judô, muay thai, karate e outras modalidades, se mostrou um apaixonado pela arte suave. Em 2019, por exemplo, foi um dos apoiadores do Abu Dhabi International Pro em Brasília, auxiliando para que o evento fosse realizado na capital do país.

Em conversa com a reportagem, Julio Cesar falou das suas impressões quanto ao Abu Dhabi Grand Slam do Rio de Janeiro, que recebeu um grande número de atletas do Brasil e do exterior na Arena Carioca 1.

"Busquei a melhor maneira de fomentar o evento Internacional Pro em Brasília, e foi um grande sucesso", disse Julio Cesar. "O ginásio comporta 2 mil pessoas, e certamente tivemos bem mais que isso, pela rotatividade de público em torneios como este. Mas estrutura do Grand Slam é sensacional. Nunca tinha visto essa disposição de tatames com sete deles enfileirados com uma delas a principal, no centro. Sem falar do ambiente aqui do Rio de Janeiro, além do público inscrito que também chegou em números expressivos, com atletas de todos os cantos do país e de outras nacionalidades."

Contudo, o plano do deputado de visitar o Rio foi além da presença como expectador. Conversas com a organização do evento podem fazer que o Grand Slam do próximo ano seja alocado na Distrito Federal.

"Uma das minhas intenções na vinda ao Rio de Janeiro é conversar com as autoridades de Abu Dhai e levar o Grand Slam para Brasília. A meta é para o ano que vem ou 2021. Não tenho dúvida alguma que um evento deste porte ficará lotado. Brasília é um local mais centralizado, e isso facilita para atletas de região Norte e Nordeste, que tem que passar pelo Centro-Oeste para chegar no Rio. A logística, sem dúvida alguma, seria bem melhor, com rede hoteleira bem próxima e todo o suporte para um grande evento. A minha intenção é essa, e se não foi possível o Grand Slam, realizaremos novamente o Internacional Pro", afirmou o deputado.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade