1 evento ao vivo

Brasil-RS respira na Série B, bate o Paraná e complica o adversário

Xavante se distancia um pouco do Z4 e Tricolor, que ainda depende de si, vê o concorrente Oeste colar na classificação.

7 nov 2017
22h33
atualizado em 8/11/2017 às 13h42
  • separator
  • comentários

Com lutas diferentes, o Brasil-RS venceu o Paraná por 2 a 0 nesta terça-feira, no Bento Freitas, pela décima quarta rodada da Série B. O Xavante respirou na briga contra o rebaixamento, já o Tricolor paranaense acumulou a segunda derrota seguida em um momento crucial na disputa pelo acesso.

Xavante fez o placar na segunda etapa e segue na luta para se manter na Série B. (Divulgação/Brasil de Pelotas)
Xavante fez o placar na segunda etapa e segue na luta para se manter na Série B. (Divulgação/Brasil de Pelotas)
Foto: LANCE!

Em duelo nervoso, devido as ambições de cada um no torneio, a primeira etapa se resumiu basicamente em jogadas paradas. Com 3, em cobrança de escanteio, Igor cabeceou nas mãos de Marcelo Pitol. O time da casa respondeu quatro minutos depois, com Rafinha batendo falta perigosa para difícil defesa de Richard. Aos 19, Misael recebeu pela esquerda e cruzou para a área. Marcinho se antecipou, mas mandou de cabeça para fora.

A estratégia das duas equipes eram claras: o Xavante tentava buscar seu gol na força física pelo alto, na base da pressão por atuar em seus domínios, enquanto o Tricolor tentava encaixar um contra-ataque, mas não conseguia trocar passes do meio para frente, ficando na base da ligação direta. Sem emoção, o confronto não resultou em nenhuma chance clara.

Com 41, em jogada parecida no começo, João Pedro cobrou falta da esquerda e Igor errou a direção na hora de finalizar. Na última jogada, Teco chegou a marcar o gol, novamente em bola parada, mas a arbitragem assinalou impedimento.

Na volta do intervalo, a partida mudou de cenário e ficou mais aberta. Aos 6, Robson tabelou com Alemão, gingou em cima da zaga e chutou cruzado, mas ninguém completou na área. Porém, com 11, o Brasil-RS marcou. Marcinho fez grande jogada pela esquerda, recebeu de Itaqui e cruzou para Rafinha, na pequena área, finalizar. 1x0.

Atrás do marcador, o Tricolor se jogou para cima, só que continuava sem criatividade no setor ofensivo. Brock, em uma falta de longe, mandou uma bomba e Pitol espalmou. Na sequência, Itaque respondeu com uma bancada em cima de Richard. Na jogada seguinte: gol. Em cobrança de escanteio, Lincom cabeceou, o goleiro espalmou e Rafinha completou. 2x0. No final, Feijão e Zezinho perderam chances de descontar.

Com o triunfo, o Brasil-RS subiu uma posição e é o décimo terceiro colocado, com 42 pontos e dois acima do Z4 - o Paraná segue no G4, com 56, mas viu o Oeste chegar na mesma pontuação. Na próxima rodada, o Xavante encara o Paysandu no sábado, às 19h, na Curuzu, enquanto o Tricolor receba o Luverdense na sexta-feira, às 21h30, na Vila Capanema.

FICHA TÉCNICA
BRASIL-RS 2X0 PARANÁ

Local
: Bento Freitas, em Pelotas
Data-Hora: 07/11/2017 - 20h30
Árbitro: Eduardo Thomaz de Aquino Valadão (GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Edson Antônio de Sousa (GO)
Público/renda: Não divulgados
Cartões amarelos: Rafinha, Marcinho, Leandro Camilo (BRA); Renatinho, Igor, Gabriel Dias (PAR)
Gols: Rafinha, 11'2ºT (1-0); Rafinha, 25'2ºT (2-0)

BRASIL-RS: Marcelo Pitol; Éder Sciola, Teco, Leandro Camilo e Marlon; Leandro Leite, Itaqui, Marcinho (Cassiano, 33'2ºT), Rafinha e Misael (Clayson, 38'2ºT); Lincom (João Afonso, 42'2ºT). Técnico: Clemer.

PARANÁ: Richard; Cristovam, Maidana, Brock e Igor (Rayan, 27'2ºT); Vinícius Kiss, Gabriel Dias e Renatinho, João Pedro (Zezinho, 8'2ºT), Robson e Alemão (Vitor Feijão, 20'2ºT). Técnico: Matheus Costa.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade