1 evento ao vivo

Botafogo tem carência de um 'camisa 9' para substituir Pedro Raul

Alvinegro teve dificuldades em encontrar um substituto que mantivesse o mesmo nível de atuação na posição de centroavante nas vezes em que o titular não pôde entrar em campo

30 mar 2020
07h05
atualizado às 13h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

No período pré-paralisação do futebol pela pandemia de COVID-19 um jogador se mostrou um reforço acertado da diretoria do Botafogo. Com boas atuações e faro de gol, o atacante Pedro Raul caiu nas graças da torcida alvinegra. A importância do jogador de 23 anos para a equipe ficou ainda mais evidente nas vezes em que ele não pôde estar em campo. Nas cinco partidas em que ficou fora por problemas físicos o camisa 9 fez falta, em especial, pela carência de um substituto no elenco capaz de manter o mesmo nível de atuação do titular.

Pedro Raul é destaque no ataque alvinegro (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Pedro Raul é destaque no ataque alvinegro (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Foto: Lance!

Das doze partidas oficiais do Botafogo em 2020, Pedro Raul ficou fora em cinco oportunidades. Além das duas primeiras rodadas do Carioca, contra Volta Redonda e Madureira, em que o Alvinegro usou um time formado por reservas e atletas da base, também não atuou contra o Vasco, Boavista e Bangu.

No clássico contra o Cruz-Maltino o Botafogo conseguiu a vitória nos acréscimos, cena que se repetiu contra equipe de Saquarema. Já na partida sem público contra a equipe da Zona Oeste do Rio cedeu o empate, após abrir o placar.

Ás voltas com problemas físicos, o atacante que foi destaque na temporada passada pelo Atlético-GO jogou no sacrifício contra o Fluminense, pela Taça Guanabara e contra o Náutico, pela Copa do Brasil, quando entrou em campo apenas após o intervalo. Nas duas partidas o time também teve dificuldades no setor ofensivo.

Reserva imediato, o jovem Rafael Navarro ainda não conseguiu ter uma atuação convincente em que mantivesse o mesmo nível do titular. O atacante de 19 anos ainda não balançou as redes, em sete partidas disputadas até a pausa do futebol.

A contratação de mais um centroavante ainda é um incógnita diante da incerteza sobre quando a situação será normalizada no futebol. Além disso, jogadores com essas características costumam ser valorizados no mercado e são cada vez mais escassos.

Veja também:

DIÁRIO L! DA COPA DE 70: a repercussão da vitória da Seleção sobre os tchecos na estreia do mundial
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade