1 evento ao vivo
Logo do Flamengo
Foto: terra

Flamengo

Bom ambiente e liderança: elenco do Fla unido pelo título do Brasileirão

Durante os jogos, elenco dá prova de união e deixa para trás momento ruim após a chegada de Dorival Júnior. Apesar das dificuldades, existe confiança no conquista do hepta

20 out 2018
07h03
atualizado às 07h03
  • separator
  • comentários

A imagem do zagueiro Réver passando a braçadeira de capitão para Cuéllar, ao ser substituído no Fla-Flu, empolgou a torcida rubro-negra. Titular absoluto, o volante tornou-se xodó da Nação pela entrega e pelo bom futebol em campo. Mais do que a boa fase do colombiano, o episódio mostrou que o time conta com lideranças importantes e um bom ambiente para a reta final do Brasileiro. Quatro pontos atrás do líder Palmeiras, há confiança na arrancada para o título.

Réver é o capitão, mas divide a liderança com outros nomes do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)
Réver é o capitão, mas divide a liderança com outros nomes do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)
Foto: Lance!

Nesta temporada, Réver ocupa o posto de capitão quando está em campo. No entanto, há outros jogadores com as características e moral com o elenco para liderar o time. É o caso de Cuéllar, pelo comprometimento e identificação com a torcida, mas também dos experientes Diego e Diego Alves - fora das últimas três rodadas, o meia e o goleiro, respectivamente, estão recuperados de lesões. O camisa 1 voltará à meta diante do Paraná, enquanto o camisa 10 é dúvida.Em comparação ao ano de 2017, quando o Flamengo chegou às finais da Copa do Brasil e Sul-Americana e terminou derrotado por Cruzeiro e Independiente, da Argentina, a postura dos jogadores não têm sido alvo de críticas da torcida.

A união e o bom ambiente de trabalho também têm sido destacados pelos atletas. Exemplo disso foi a comemoração dos gols de Uribe no Maracanã. O colombiano marcou duas vezes no clássico contra o Fluminense, encerrando um jejum de 75 dias. Henrique Dourado, principal concorrente pela camisa 9, foi o primeiro a deixar o banco e, empolgado, abraçar o companheiro.

Nem mesmo cenário político, com o pleito presidencial marcado para 8 de dezembro, tem influenciado o trabalho de campo, garantiu Dorival Júnior.

- Temos todas as garantias de que, do muro para dentro, os problemas são mínimos. Tudo o que o Flamengo proporciona nos permite fazer o trabalho. Existe muita tranquilidade aqui, comprometimento grande e que finalizemos esse campeonato lutando pela melhor colocação possível - afirmou Dorival.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade