0

Boa Esporte vence o Sampaio Corrêa em casa, mas segue na lanterna da Série B

Apesar de ter emendado sua segunda vitória em casa, situação da equipe mineira não se alteração na questão de posição na tabela

28 jul 2018
23h03
  • separator
  • comentários

Na noite deste sábado (28), no Estádio Municipal de Varginha, o Boa Esporte teve contra o Sampaio Corrêa mais uma chance para tentar se reabilitar na Série B e se deu bem. Na luta contra o rebaixamento, os mineiros souberam aproveitar o fator casa ao bater o time maranhense por 3 a 1.

Os gols do jogo foram marcados por Hélder Maurílio para o lado do Boa aos 12 e Uilliam para o Sampaio Corrêa aos 21 da primeira etapa. Machado aos 26 e kaio Cristian aos 30 da segunda etapa, ampliaram para o time mineiro e decretaram o placar do jogo.

Com o resultado, a equipe mineira mesmo com a vitória segue na lanterna do campeonato com apenas 13 pontos. Já o time do Maranhão chega a sua quarta derrota consecutiva, e aumenta o jejum de vitórias para oito jogos terminando a rodada na penúltima colocação com 16 pontos ganhos.

O jogo

No início da partida, o Sampaio Corrêa tentava sair em velocidade para o ataque, mas a defesa do Boa estava atenta e conseguia resistir às investidas do adversário.

Sem saber aproveitar as oportunidades, o Sampaio viu a equipe do Boa Esporte crescer no jogo e chegar ao seu gol logo as 12 minutos. Na jogada, Hélder Maurílio arrancou pela direita, tabelou com Douglas e encheu o pé o na meta do goleiro Andrey, que foi atrapalhado por um desvio no meio do caminho pelo zagueiro Fredson.

Mesmo à frente no placar, o Boa Esporte não soube criar outras oportunidades. Com muitas ligações diretas o time da casa facilitava demais o desarme da defesa do Sampaio que aos poucos voltava para o jogo.

Aos 21 minutos veio o gol de empate dos visitantes. No lance, Fernando Sobral cobrou falta pela direita e Uilliam, sem marcação colocou a bola no canto superior esquerdo do goleiro Fabrício para fazer um golaço de cabeça.
Após o gol de empate, os poucos torcedores que estavam no estádio, viram um jogo tecnicamente fraco, e viram as duas equipes irem para o vestiário com a igualdade no placar, já que ambos os times abriram mão da posse de bola e abusavam dos chutões.

Segundo tempo

O início do segundo tempo não foi muito diferente da primeira etapa. Com pouca inspiração e sem muita qualidade nas jogadas, as duas equipes abriam mão da posse de bola e seguiam fazendo os lançamentos longos.

Porém, mesmo fraco tecnicamente, o jogo seguia com muita disputa entre os times.

Aos 8 minutos, veio o primeiro lance de perigo. Na jogada, Bruno Moura avançou, cruzou e viu a bola bater no travessão após a tentativa do cruzamento.

Aos 26 minutos, com a bola no chão, Machado aproveitou um passe rasteiro de Bruno Tubarão e sem marcação chutou pro fundo do gol.

Quatro minutos depois, Kaio Cristian ampliou o placar para o Boa aproveitando jogada pela direita de Baggio, que cruzou rasteiro no primeiro pau e viu Kaio desviar no cantinho.

A partir daí, o Boa Esporte administrou o resultado e segurou o jogo para garantir a vitória e manter o tabu contra o Sampaio Corrêa, que não sabe o que é vencer o time mineiro em Varginha.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade