6 eventos ao vivo

Bellator 213: Lyoto estreia com vitória apertada; Gracie finaliza

Ex-campeão do UFC, Lyoto não teve vida fácil em sua estreia no Bellator e venceu o compatriota Rafael Carvalho na decisão dividida dos jurados no co-main event

16 dez 2018
04h27
  • separator
  • comentários

O último evento do Bellator em 2018 contou com grandes emoções na noite deste sábado (15), no Havaí. Na luta principal da edição 213, Ilima-Lei Macfarlane finalizou Valerie Letourneau e manteve o título da divisão dos moscas. Já no co-main event, Lyoto Machida enfrentou uma pedreira em sua estreia na organização e derrotou Rafael Carvalho.

Lyoto Machida derrotou por decisão dividida o compatriota Rafael Carvalho no Havaí (Foto: Esther Lin/MMA Fighting)
Lyoto Machida derrotou por decisão dividida o compatriota Rafael Carvalho no Havaí (Foto: Esther Lin/MMA Fighting)
Foto: Lance!

Pelo GP dos Meio-Médios, Neiman Gracie mostrou - mais uma vez - toda a qualidade do seu Jiu-Jitsu e finalizou Ed Ruth. O faixa-preta de Jiu-Jitsu garantiu vaga na semifinal do torneio. O card principal teve ainda as vitórias de Liam McGeary e Nainoa Dung.

Macfarlane finaliza e mantém cinturão dos mocas

Valerie Letourneau, por ter uma envergadura maior, manteve uma distância longa para Ilima-Lei Macfarlane. A havaiana entrava, conectava o golpe e saia. No geral, o round foi marcado por muito estudo. Já no segundo assalto, a dona do cinturão derrubou e tentou uma transição no solo, mas a canadense defendeu e deu origem a uma animada disputa.

No terceiro round, Macfarlane teve mais tempo para trabalhar a luta no chão, encaixou um triângulo justíssimo. Apesar de Letourneau tentar se defender, a havaiana manteve a calma, seguiu o plano de luta e fechou a vitória com a finalização. Essa é a segunda defesa de cinturão da campeã, que lutou diante da torcida e contou com apoio incondicional.

Lyoto supera Rafael e estreia com vitória

O confronto entre os brasileiros começou bem estudado na luta em pé. Após trabalharem no clinch, sem muita efetividade, o duelo voltou ao centro do cage. Com um direto fortíssimo, Rafael Carvalho acertou Lyoto Machida em cheio e castigou o nariz do compatriota. "The Dragon" tentou responder com alguns chutes e combinações.

Para o segundo round, o carioca manteve a movimentação e seguiu aplicando golpes com contundência. Em resposta, Machida voltou mais agressivo. Para neutralizar, Rafael levou a luta para o clinch na grade, mas não efetuou nenhuma ação. Na sequência, o ex-campeão do Bellator combinou um jab-direto que atingiu em cheio e fez Lyoto ir ao solo.

No começo do último assalto, Rafael iniciou uma blitz contra o oponente. Lyoto precisou fugir do raio de ação, mas recebeu alguns golpes. Para fugir da trocação, "The Dragon" encurtou e derrubou. No chão, o carateca fez uma boa transição, foi para montada, porém não encontrou espaço para finalizar. O carioca explodiu e saiu da posição. Nos segundos finais, Lyoto voltou a derrubar, encaixou a guilhotina, entretanto, não teve tempo para sacramentar a finalização. Na decisão dividida, Lyoto estreou com vitória no Bellator.

Neiman finaliza e avança no GP dos Meio-Médios

No primeiro minuto, Neiman Gracie encaixou um triângulo justo, mas mostrando técnica e - sobretudo - coração, Ed Ruth saiu da posição. Com o duelo em pé, o norte-americano colocou alguns golpes e trabalhou bem o clinch. Já na metade do segundo assalto, os dois travaram uma disputa de grappling no chão - que foi melhor para Neiman. Após algumas transições, o Gracie chegou muito próximo de finalizar com um armlock.

Na primeira metade do terceiro round, o confronto seguiu em pé. Neiman foi ganhando confiança e conectando golpes, enquanto Ruth respondia e chegou a um knockdown. O Gracie se manteve no chão, quase raspou e, após uma brecha, voltou a pegar o braço do adversário para encaixar um armlock, mas Ed se defendeu novamente com êxito.

Logo no começo do quarto assalto, Neiman, no centro do cage, derrubou o oponente e teve tempo suficiente para trabalhar a posição. Ao passar a guarda, foi para a montada e, em uma tentativa de sair, Ed Ruth deu as costas para o brasileiro. O faixa-preta de Jiu-Jitsu ajustou a posição, encaixou o mata-leão para finalizar e garantir o passaporte à semifinal do GP dos Meio-Médios. Além disso, manteve a invencibilidade no MMA profissional.

McGeary supera King Mo e volta a vencer

Após um período de estudo, Liam McGeary manteve a distância e conectou os golpes, enquanto King Mo buscou a queda. No entanto, o inglês defendeu e manteve a disputa em pé. Apesar da frustração de não derrubar o oponente, Muhammad Lawal centralizou sua estratégia nos low kicks na perna esquerda de McGeary - que teve a panturrilha castigada.

No segundo assalto, trabalhando da média para a curta distância, King Mo se manteve castigando a perna esquerda de McGeary. O ex-campeão tentava responder com combinações de golpes. No minuto final, Lawal foi na queda single leg, mas o inglês defendeu e conectou uma série de cotoveladas para deixar o adversário desnorteado.

Já no começo do terceiro round, McGeary acertou um belo cruzado de direta que levou King Mo ao solo. Na sequência, o árbitro, que chegou a exitar, paralisou confronto e decretou a vitória do britânico. O ex-campeão volta a vencer após duas derrotas seguidas.

Havaiano vence brasileiro com polêmica

Na abertura do card principal, Nainoa Dung venceu o brasileiro Kona Oliveira por nocaute técnico no terceiro round. Após chegar na montada, o havaiano foi para o ground and pound e começou a sequência de socos. Kona tentou sair, mas o árbitro interrompeu o confronto. O brasileiro chegou a questionar dizendo que "ainda estava na luta".

RESULTADOS:

Bellator 213
Havaí, Estados Unidos (EUA)
Sábado, 15 de dezembro 2018

Card principal

Ilima-Lei Macfarlane finalizou Valerie Letourneau com um triângulo no 3R
Lyoto Machida derrotou Rafael Carvalho por decisão dividida dos jurados
Neiman Gracie finalizou Ed Ruth com um mata-leão no 4R
Liam McGeary derrotou Muhammad Lawal por nocaute técnico no 3R
Nainoa Dung derrotou Kona Oliveira por nocaute técnico no 3R

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade