1 evento ao vivo

Bastidores: Fla-Flu costuram parceria e ganham força pelo Maracanã

Clubes fizeram diversas reuniões visando proposta para gestão do estádio. Após negociações, concluiram que ficariam mais fortes se protocolassem pedido em união

5 abr 2019
06h01
atualizado às 06h01
  • separator
  • 0
  • comentários

Flamengo e Fluminense protocolaram, na manhã desta quinta-feira, junto ao Governo do Estado do Rio de Janeiro, uma proposta para uma administração conjunta do Maracanã até que aconteça uma nova licitação. Os clubes, que vinham conversando há algumas semanas, correram para obedecer o prazo limite apresentado, que era até 12h desta quinta-feira. Mas, nos bastidores, a parceria pelo estádio cresceu em pouco tempo.

Fla-Flu costuram parceria e ganham força pelo Maracanã(Foto: Reprodução)
Fla-Flu costuram parceria e ganham força pelo Maracanã(Foto: Reprodução)
Foto: Lance!

Flamengo e Fluminense aprovaram a decisão do governo de cancelar a concessão do Maracanã desde o início. Do lado Tricolor, as rusgas com o Complexo que administra o estádio atingiram o estopim na final da Taça Guanabara, onde a empresa ficou ao lado do Vasco na confusão pelo setor sul - mesmo tendo contrato em vigor com o clube.

Nas Laranjeiras, foi tratado como consenso que a proximidade do Consórcio com o Cruz-Maltino, que negociava um pacote de venda de jogos, interferia nos direitos do clube. Pelo lado Rubro-Negro, foi a oportunidade de conseguir um ativo financeiro importante para o clube, tendo em vista que o contrato pelo estádio não era rentável mesmo com grandes públicos.

Dirigentes do Rubro-Negro e do Tricolor, tantos os presidentes quanto as equipes de Arenas, fizeram diversas reuniões com a presença da Comissão Consultiva do Governo. Nelas, houve troca de números e informações com base na Legislação, para que se evitasse qualquer contratempo em relação à finalização do acordo. O Governo via com bons olhos a parceria.

Inicialmente, Flamengo e Fluminense pensaram em projetos independentes para administração do estádio. Mas, com o passar das reuniões, a possibilidade de uma parceria passou a ser tratada com mais carinho. Também foi consenso entre os clubes que uma administração conjunta fortaleceria o pedido - o Vasco e a gestora do Allianz Parque também demonstraram interesse em administrar o Maracanã.

Antes da reuniao na FERJ, na última quarta-feira, Rodolfo Landim e Pedro Abad já haviam aprovado a minuta que foi assinada e protocolada nesta quinta-feira, no Palácio Guanabara. Nesta ocasião, o Cruz-Maltino chegou a pedir o adiamento das data-limite para apresentação dos projetos, também visando a sua posição em meio ao pleito. O prazo acabou se encerrando às 17h desta quinta-feira.

Durante a manhã desta quinta-feira, representantes dos dois clubes mantiveram contato para que conseguissem chegar juntos ao Palácio Guanabara. Após protocolarem o projeto, Landim e Abad deram coletiva juntos e enalteceram a parceria das duas instituições para levar à frente a administração do Maracanã.

A relação entre Flamengo e Fluminense também facilitou na venda de ingressos para o clássico deste sábado. Se houve briga pelos pontos de venda nos dois duelos anteriores, houve uma trégua para a semifinal. Mesmo com mando Rubro-Negro, foi aberto mais cinco pontos de vendas para os Tricolores - antes, os mesmos só poderiam comprar no Maracanã ou nas Laranjeiras.

A tendência é que o Governo do Estado anuncie o resultado nesta sexta-feira até as 17h (de Brasília). No último dia 18, o governador Wilson Witzel (PSC-RJ) anunciou o rompimento da concessão devido a dívida de R$ 38 milhões. Desde então, o Governo passou a receber propostas dos interessados pela administração do Maracanã, inicialmente pelos próximos seis meses.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade