Barça goleia e se classifica; Juve vira com gol nos acréscimos

Equipe de Andrea Pirlo sai atrás no marcador, empata com Cristiano Ronaldo e vira com gol de Morata no apagar das luzes. Velha Senhora está classificada para a próxima fase

24 nov 2020
19h03 atualizado às 19h23
0comentários
19h03 atualizado às 19h23
Publicidade

O Barcelona não tomou conhecimento do Dínamo e goleou por 4 a 0, mesmo atuando no Olímpico de Kiev, em Kiev. Com gols de Sergiño Dest, dois de Martin Braithwaite e um de Griezmann já no fim, os catalães somam agora 12 pontos e lideram o Grupo G da Liga dos Campeões. Já a Juventus recebeu o Ferencváros e conseguiu uma vitória difícil sobre a equipe da Hungria, chegando aos nove pontos. Em jogo disputado em Turim, a Velha Senhora venceu por 2 a 1. Uzuni abriu o placar para os visitantes, Cristiano Ronaldo deixou tudo igual e Morata, nos acréscimos, virou no Allianz Stadium.

Show dinamarquês

Os catalães não podem mais ser alcançados por Dínamo de Kiev ou Ferencváros, mas ainda disputam o primeiro lugar na chave com a Juventus. As equipes se enfrentam no dia 8, no Camp Nou.

Sem vários de seus principais jogadores, poupados por opção do técnico Ronald Koeman, o Barça não teve problemas para comprovar sua superioridade. Mas todos os gols saídam apenas na segunda etapa. Além do craque argentino, não estiveram em campo Sergi Roberto, Piqué, Busquets, Ansu Fati, Umtiti e Ronald Araújo.

Aos sete minutos, Dest marcou seu primeiro gol pelo Barcelona e abriu o placar. Aos 12, Mingueza desviou de cabeça após escanteio, e Braithwaite apareceu no segundo pau para amplia. O atacante fez o terceiro em pênalti aos 25, e Griezmann chutou rasteiro nos acréscimos para definir os números.

O jogo também marcou a estreia de Matheus Fernandes, ex-Palmeiras, que entrou no lugar de Pedri aos 27 minutos do segundo tempo e tentou um chute, para fora.

Foto: Valentyn Ogirenko / Reuters

Morata salva Juve

Jogando fora de casa, o Ferencváros apostou nos contra-ataques e em uma das escapadas rápidas foi letal. Após lançamento para o campo de ataque, o lateral-direito Danilo escorregou e a bola sobrou para Tokmac Nguen. O camisa 10 encarou a marcação, cruzou, viu a bola desviar no lateral-esquerdo Alex Sandro e cair nos pés de Uzuni, que não desperdiçou.

Ele não para

Coube a Cristiano Ronaldo resolver a situação para a Juventus. O camisa 7 chegou a deixar sua marca, mas a arbitragem pegou posição irregular do craque. Pouco depois, o português encarou a marcação, bateu forte de canhota de fora da área e acertou o canto do goleiro Dibusz para fazer um belo gol.

Em boa fase, Morata foi crucial mais uma vez para a Juventus (Foto: MIGUEL MEDINA / AFP)
Em boa fase, Morata foi crucial mais uma vez para a Juventus (Foto: MIGUEL MEDINA / AFP)
Foto: LANCE!

No apagar das luzes

No segundo tempo, a Juventus se lançou para o ataque para tentar o gol da virada e alugou o campo de defesa do Ferencváros. A Velha Senhora criou boas chances, chegou a mandar duas bolas na trave, mas só conseguiu o gol da vitória nos acréscimos, com Morata de cabeça.

Sequência

Na próxima rodada da Liga dos Campeões, a Juventus encara o Dínamo de Kiev, novamente em casa. A partida acontece na quarta-feira (2), às 17h (de Brasília), no Allianz Stadium. O Ferencváros recebe o Barcelona no mesmo dia também às 17h (de Brasília).

Lance!
Publicidade
Publicidade