1 evento ao vivo

Bale marca e País de Gales bate Eslováquia na estreia

Atacante do Real Madrid fez belo gol de falta na vitória por 2 a 1, a primeira da seleção britânica em toda a história da competição.

11 jun 2016
15h00
atualizado às 15h39
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Em suas estreias na história da Eurocopa, o País de Gales fez bonito, e com a ajuda de seu craque Gareth Bale, bateu a Eslováquia por 2 a 1 em um jogo que ficará marcado para sempre. A seleção britânica, que não jogava uma partida por um campeonato de grande porte desde a Copa do Mundo de 1958, sai na frente no Grupo B, com três pontos. Já a Eslováquia, que participou da Copa de 2010, fica em último na chave, que também conta com Inglaterra e Rússia.

Atacante do Real Madrid fez belo gol de falta na vitória por 2 a 1, a primeira da seleção britânica em toda a história da competição
Atacante do Real Madrid fez belo gol de falta na vitória por 2 a 1, a primeira da seleção britânica em toda a história da competição
Foto: Lance!

A primeira tentativa da partida veio com Hamsik, principal jogador eslovaco. O meia do Napoli driblou três e chutou. A bola passou pelo goleiro, mas o zagueiro Davies conseguiu mandar para escanteio. Quem tratou de abrir o placar foi o próprio Bale, em cobrança de falta. Aos dez minutos, o camisa 11 do Real Madrid bateu com muito efeito e enganou Kozácik, que não evitou o gol.

Na segunda etapa, o jogo mudou de rumo. A Eslováquia se lançou toda ao ataque, encurralando a seleção de Gales. E a pressão deu resultado. Duda entrou aos 14 minutos e marcou aos 16. O meia recebeu de Mak, que fez ótima jogada e o serviu. De canhota e com tranquilidade, o jogador empatou a partida. Não satisfeito com o empate, a seleção eslovaca seguiu em cima na busca pela virada.

Hamsik e Mak tiveram boas chances para virar, mas o primeiro parou no goleiro Ward e o segundo parou na falta de pontaria, pois chutou por cima. Mas se um técnico teve estrela ao ver seu jogador entrando e marcando, o outro não ficou para trás. Aos 25, o galês Chris Coleman promoveu a entrada do centroavante Robson-Kanu. Não passou dez minutos e o jogador aproveitou jogada de Ramsey para recolocar Gales na frente.

A Eslováquia não se entregou e ainda mandou uma bola na trave do gol de Ward, com Memec. Mas o esforço não foi suficiente para que a Eslováquia conquistasse seu primeiro ponto na história da Eurocopa. Melhor para o País de Gales, de Gareth Bale. Se o jogador não empolgou tanto em campo, pelo menos deixou o dele e mostrou que sua seleção pode, sim, chegar à próxima fase e seguir trilhando uma maravilhosa história. O primeiro passo já foi dado.

 

Veja também:

Os maiores artilheiros estrangeiros da história do Vasco
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade