PUBLICIDADE
Logo do

Bahia

Meu time

Bahia abre vantagem, mas cede empate ao Montevideo City

Tricolor foi bem na etapa inicial, mas caiu de rendimento e perdeu a chance de vencer

21 abr 2021
23h32 atualizado em 22/4/2021 às 00h00
0comentários
23h32 atualizado em 22/4/2021 às 00h00
Publicidade

Em Montevidéu, o City Torque saiu atrás do Bahia, mas arrancou a igualdade na etapa final, em jogo válido pela chave B.

Felipe Oliveira/Bahia
Felipe Oliveira/Bahia
Foto: Lance!

Calendário

Na próxima jornada, o Montevideo encara o Independiente, em casa. O Bahia encara o Guabirá.

Parceria

A dupla Gilberto e Rodriguinho funcionou logo de cara. Na assistência do atacante, o camisa 10 bateu firme e abriu o placar. Pouco depois, Rodriguinho retribuiu o presente, mas o atacante chutou fraco e o goleiro pegou.

Administração

Com a vantagem no placar, o Esquadrão de Aço poderia ter forçado a barra para ampliar, mas preferiu segurar o resultado.

Empate

Com apenas 5 minutos da etapa final, o Montevideo balançou a rede. No chute de dentro da área de Allende, Douglas deu rebote e Pizzichillo marcou, 1 a 1.

Chances perdidas

O gol deu ânimo ao time uruguaio, que criou boas oportunidades de virar. Na melhor delas, Rak arrancou da defesa, chegou na entrada da área e chutou para fora.

CITY TORQUE 1 X 1 BAHIA

Local: Parque Alfredo , Montevidéu (URU)

Data-Hora: 21/4/2021 - 21h30

Árbitro: Luis Quiroz (EQU)

Auxiliares: Ricardo Baren (EQU) e Andres Tola (EQU)

Público/renda: pagantes/R$

Cartões amarelos: Brun (MCT), Patrick de Lucca, Rodriguinho, Matheus Galdezani (BAH)

Cartões vermelhos: -

Gols: Rodriguinho (9'/1ºT) Pizzichillo (5'/2ºT)

CITY TORQUE: Fiermarín; Peña, Arsimendi, Rak e Pizzichillo; Brun, Santiago Rodríguez (Cejas, aos 32/2ºT), Allende (Danilo Parede, aos 32/2ºT), Teuten e José Álvarez; Del Prete. Técnico: Pablo Marini.

BAHIA: Douglas; Nino (João Pedro, aos 38/2ºT), Luiz Otávio, Conti e Matheus Bahia; Patrick de Lucca, Thaciano (Matheus Galdezani, aos 38/2ºT), Daniel e Óscar Ruíz (Alesson, aos 26/2ºT); Gilberto e Rodriguinho (Juninho Capixaba, aos 45/2ºT). Técnico: Dado Cavalcanti.

Lance!
Publicidade
Publicidade