0
Logo do Palmeiras
Foto: terra

Palmeiras

ATUAÇÕES: Moisés brilha em noite de eliminação do Palmeiras

Jogador fez seu primeiro gol após retornar de lesão e mudou a cara do time no segundo tempo, pela Libertadores; equipe perde nos pênaltis e está fora do torneio

10 ago 2017
00h51
atualizado às 00h51
  • separator
  • comentários

O Palmeiras venceu o Barcelona (ECU), mas foi eliminado nas cobranças de pênaltis. Apesar da eliminação, o Verdão teve um personagem a comemorar. Moisés, que entrou no segundo tempo e vem de uma longa recuperação após séria lesão, fez um gol e deu mais qualidade à equipe. Confira as notas:

PALMEIRAS

6,5
Jailson

Foi pouco acionado no tempo normal e, exceto pela bola na trave do Barcelona, respondeu bem. Ainda pegou um pênalti, mas sem efeito.

6,0
Tchê Tchê

No primeiro tempo teve muito trabalho para marcar Caicedo, mas subiu de produção na etapa final, inclusive criando jogadas perigosas no ataque.

5,5
Mina

Saiu-se bem em desarmes pelo alto, mas teve muitas dificuldades com jogadas em velocidade. Substituído no primeiro tempo, machucado.

6,0
Luan

Foi melhor do que Mina em lances de um contra um e pelo alto também se deu bem. Teve mais uma atuação segura.

4,5
Egídio

Sua partida não foi ruim nos 90 minutos, mas acabou errando o pênalti que eliminou o Palmeiras da Copa Libertadores.

6,5
Thiago Santos

Um dos melhores do time, ficou à frente da zaga, desarmou muito, no alto e no chão, e ainda saiu bem com a bola. Ótima partida.

5,0
Bruno Henrique

No primeiro tempo, foi o único que tentou colocar a bola no chão. Melhorou com a entrada de Moisés, mas errou uma penalidade.

6,5
Dudu

Intenso como de costume, forçou algumas jogadas individuais, mas foi inteligente na assistência para o gol de Moisés. Saiu machucado.

5,0
Róger Guedes

Forçou jogadas em excesso e trabalhou pouco a bola. Fez um primeiro tempo ruim e acabou substituído no intervalo.

6,0
Keno

Jogou melhor do que Róger Guedes porque teve mais calma para trabalhar a bola, especialmente no segundo tempo. Acertou a trave.

5,5
Deyverson

No estilo brigador, colaborou com a marcação, correu bastante, mas teve poucas chances. Chegou a fazer um gol, mas estava impedido.

6,0
Edu Dracena

Entrou na vaga de Mina ainda no primeiro tempo e fez um bom jogo, antecipando-se com inteligência. Correu risco de fazer um pênalti no fim.

7,5
Moisés

Foi quem mudou o Palmeiras. Comandou o time de área a área, pediu calma, distribuiu o jogo e fez o gol. Mesmo com dores, ainda bateu pênalti.

5,0
Guerra

Substituto de Dudu, atuou mais aberto do que costume e não trouxe nem jogadas de fundo, nem lances trabalhados.

5,0
Cuca
Time teve um péssimo primeiro tempo e melhorou com Moisés, mas não o suficiente para sair com a vaga em casa. Que 2017 frustrante...

BARCELONA-ECU

7,0
Banguera

Sempre um susto nas saídas do gol, mas pegou dois pênaltis.

6,0
Pedro Velasco

Bem na marcação, e deu bons lançamentos de contra-ataque.

5,5
Aimar

Perdido no gol de Moisés. Foi meio trapalhão, mas sem maiores danos.

5,5
Arreaga

Também vacilou no gol de Moisés e de resto conseguiu se salvar.

5,0
Pineida

No segundo tempo sofreu com Dudu pelo seu lado e foi substituído.

6,0
Minda

O mais marcador do time, saiu quando havia necessidade de atacar.

6,0
Oyola

No primeiro combate foi bem no primeiro tempo, depois caiu muito.

6,0
Marcos Caicedo

Boa movimentação e achou seus espaços.

6,5
José Ayoví

Apareceu na velocidade nos contra-ataques muito perigosos.

6,5
Castillo

Deu muito trabalho à defesa do Palmeiras e saiu bastante desgastado.

6,0
Jonatan Álvez

Por alguns momentos, ficou muito só no ataque.

4,5
Damián Díaz

Perdeu um gol claro e depois desperdiçou cobrança de pênalti.

5,5
Tito Valencia

Fez uma fumaça no início, porém não manteve o ritmo.

5,5
Segundo Castillo

Toques de lado, sem efetividade. Pouca produção.

6,0
Guillermo Almada

Time fez muita cera, mas foi sempre muito perigoso.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade