3 eventos ao vivo

Arrascaeta destaca vitória do Flamengo no Equador: 'Serviu para mostrar a força da equipe'

Em Guayaquil, Flamengo faz um bom primeiro tempo, supera as dificuldades e derrota o Barcelona por 2 a 1. Equipe já soma nove pontos no grupo A da Copa Libertadores 2020

22 set 2020
21h48
atualizado às 21h54
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Em meio aos desfalques, o Flamengo superou as dificuldades e conseguiu derrotar o Barcelona de Guayaquil, no Equador por 2 a 1. Com a vitória, a equipe chegou aos 9 pontos no Grupo A da Copa Libertadores. Na saída de campo, o autor de um dos gols do rubro-negro, o uruguaio Arrascaeta exaltou à força do grupo e a importância dos três pontos.

Arrascaeta marcou o segundo gol da vitória do Flamengo por 2 a 1 sobre oBarcelona de Guayaquil, no Equador(Foto: AFP)
Arrascaeta marcou o segundo gol da vitória do Flamengo por 2 a 1 sobre oBarcelona de Guayaquil, no Equador(Foto: AFP)
Foto: Lance!

- Sabíamos que ia ser um jogo difícil. Essa semana foi muito difícil para nós. Acho que isso serviu para mostrar a força da equipe. Soubemos aproveitar as oportunidades e é bom sair com os três pontos. É sempre uma motivação para ganhar - frisou o meio-campista.

Apesar dos onze desfalques, a equipe fez um bom primeiro tempo e construiu o resultado com gols de Pedro e Arrascaeta. No entanto, voltou a apresentar erros defensivos, e o time equatoriano diminuiu com Emmanuel Martínez, em falha de Renê e Léo Pereira. Após a vitória, Arrascaeta elogiou o elenco e a atuação da equipe durante a partida.

- Temos um elenco muito qualificado, grandes jogadores. Temos que seguir melhorando. Hoje foi importante vencer. Começamos pressionando bem, tocando e chegando perto do gol - acrescentou o uruguaio.

No calendário, o Flamengo voltará a campo no próximo domingo pelo Campeonato Brasileiro contra o Palmeiras, no Allianz Parque, às 16h. No entanto, o clube já enviou um ofício à CBF pedindo o adiamento da partida em virtude dos sete jogadores que testaram positivo para Covid-19 (Isla, Matheuzinho, Filipe Luís, Diego Ribas, Michael, Vitinho e Bruno Henrique).

Veja também:

Confira a repercussão da morte de Maradona na Argentina e pelo mundo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade