0

Após voltar ao Z4, Vasco inicia sequência dura no Brasileirão diante do Atlético-MG em São Januário

Nas próximas rodadas, equipe terá pela frente o Galo, Palmeiras, Flamengo e Internacional, que disputam o título. Entre eles, dois confrontos diretos diante de Bahia e Fortaleza

23 jan 2021
08h02
atualizado às 08h02
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A temporada entra na reta final e o Brasileirão promete fortes emoções nas oito rodadas que restam, somados aos jogos adiados. Para o Vasco, a briga é contra um possível rebaixamento, que aumentaria ainda mais a dificuldade financeira para 2021 e teria efeitos esportivos devastadores na gestão de seu novo presidente. Diante disso, a equipe terá pela frente uma sequência dura contra alguns times da parte de cima da tabela.

Para Luxemburgo, Vasco terá oito finais para permanecer na primeiro divisão (Rafael Ribeiro/Vasco da Gama)
Para Luxemburgo, Vasco terá oito finais para permanecer na primeiro divisão (Rafael Ribeiro/Vasco da Gama)
Foto: Lance!

Após sofrer duas derrotas, os comandados de Vanderlei Luxemburgo precisam reagir e, neste sábado, recebem o Atlético-MG, quarto colocado, às 21h (de Brasília), em São Januário. Em seguida, visitarão o Palmeiras, finalista da Libertadores, no Allianz Parque, na terça, às 20h.

Antes do clássico contra o Flamengo no próximo dia 4, o Cruz-Maltino terá um confronto direto contra o Bahia, em São Januário, no dia 31. Depois do rival, outro jogo de seis pontos: Fortaleza, no Castelão, no dia 10. Para finalizar o campeonato, três duelos importantes: diante de Internacional, Corinthians e Goiás.

De acordo com o experiente treinador, serão oito finais e o time precisa de tranquilidade e união para alcançar o objetivo que é manter o Vasco na primeira divisão. Com 32 pontos, o mesmo número de Sport e Bahia, o Vasco tem 31% de chance de rebaixamento, segundo as projeções do site Infobola, do matemático Tristão Garcia.

- Temos oito jogos para nos mantermos na primeira divisão. Cabe a nós nos envolvermos para isso. Nós, a direção, a torcida, os jogadores, todos. São oito jogos decisivos. Tudo o que puder ser feito para envolver esse ambiente tem de ser feito. Agora, criar um ambiente hostil não vai nos ajudar... - disse o treinador após a derrota para o RB Bragantino.

Para a partida decisiva deste sábado, o Cruz-Maltino terá o retorno de três peças do seu time titular. O lateral-esquerdo Henrique e o volante Bruno Gomes voltam após cumprirem suspensão. Outro reforço importante para a equipe será o argentino Martín Benítez, que não atuou contra o RB Bragantino, e ficou no Rio de Janeiro se preparando para o duelo com o time de Minas.

- Foi uma escolha de usá-lo (Benítez) contra o Coritiba, em casa. Acho que a expulsão do Henrique prejudicou a equipe como um todo. E também prejudicou o Benítez, pois eu tive que colocá-lo em um jogo em que ele não estava pronto para jogar tanto de tempo. Mas ele poderia achar uma bola e começou bem os 10, 15 minutos. Ele acha uma bola, um drible. Então, eu tentei usar isso. Mas ele jogou mais tempo do que devia - disse Luxemburgo.

- Eu vi que trazendo ele (Benítez) para cá, em um jogo difícil contra o Bragantino, teria um risco. Preferi deixá-lo no Rio de Janeiro para treinar e no próximo jogo iniciar a partida contra o Atlético-MG - completou.

Confira os jogos que restam para o Vasco no Brasileirão

Vasco x Atlético-MG - São Januário - dia 23/1 - 21h;

Palmeiras x Vasco - Allianz Parque - 26/1 - às 20h;

Vasco x Bahia - São Januário - dia 31/1 - às 16h (confronto direto);

Flamengo x Vasco - Maracanã - dia 4/2, às 21h;

Fortaleza x Vasco - Castelão - dia 10/2 - 19h15 (confronto direto);

Vasco x Internacional - São Januário - dia 13/2 - a definir;

Corinthians x Vasco - Neo Química Arena - 21/2 - a definir;

Vasco x Goiás - São Januário - 24/2 - a definir (confronto direto).

Veja também:

Listamos os dez melhores kickers da NFL
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade