PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Abel elogia atuação e entrega do Palmeiras em estreia

O treinador descreveu como "extraordinária" a partida da equipe até a expulsão de Alan Empereur

22 abr 2021
00h46 atualizado às 08h14
0comentários
00h46 atualizado às 08h14
Publicidade

Em jogo emocionante, o Palmeiras venceu o Universitario-PER, por 3 a 2, fora de casa, nesta quarta-feira (21), em duelo que marcou a estreia do atual campeão na Libertadores 2021. Após a partida, em entrevista coletiva, Abel Ferreira comentou sobre a garra do time para buscar a vitória até o último minuto, mesmo com um a menos, e elogiou bastante a postura dos jogadores em campo.

Comandante estreou na Libertadores 2021 com vitória em partida de cinco gols (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
Comandante estreou na Libertadores 2021 com vitória em partida de cinco gols (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
Foto: Lance!

"O certo é que os jogadores são guerreiros. Temos comido alguns limões ultimamente, mas faremos deles uma limonada. Foi o que fizemos hoje. Com a ajuda dos jogadores estavam no banco, dizendo que teríamos uma (bola para vencer o jogo). Quando nós acreditamos muito, atraímos o que pensamos. E, pelo que fizemos nos 90 minutos, teríamos que sair com a vitória. Porque perdemos muitos gols e esse era um jogo para ter sido resolvido logo na primeira parte", afirmou o treinador

Abel Ferreira durante partida contra o Universitário-PER pela Libertadores 2021 (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
Abel Ferreira durante partida contra o Universitário-PER pela Libertadores 2021 (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
Foto: Lance!

"Até a expulsão, fizemos um jogo extraordinário, muita organização com bola e equilíbrio. Luan fez grande jogo, Alan acabou por cometer um erro, mas faz parte. Chegamos com muita gente à área. Futebol é isto. Uma expulsão, nasce um gol. Em 5 minutos o jogo muda", finalizou.

Abel também analisou a atuação da equipe e explicou a opção, mais uma vez, por um esquema com três zagueiros, dando ênfase à força ofensiva da equipe, que conseguiu criar diversas oportunidades de gols no duelo em Lima.

"Gosto de jogar de vários sistemas, porque pra mim o jogo não tem a ver com números. Tem a ver com dinâmicas. Eu sempre joguei com três atrás. Zagueiros e laterais, volante e zagueiros. A mim o que me importa não é olhar pra trás. Olhem para quando chegam na área, não é para trás que se olha. Não há sistema mais agressivo do que o que jogamos hoje. Olhem para frente", declarou o português.

Por fim, o comandante do Alviverde fez uma fala breve sobre o irregular início de temporada do Palmeiras e deixou claro que o time irá evoluir apesar de todas as adversidades.

"A montanha que escalamos ano passado foi muito alta e tivemos pouco tempo para estar lá em cima e desfrutar da vista, porque tivemos competições logo em seguida. Agora estamos todos no mesmo patamar. O que queremos é ganhar. De preferencia com qualidade de jogo, sendo agressivo ofensivamente, com muitos jogadores chegando à área", concluiu o comandante.

Depois de quebrar a sequência de quatro partidas sem vitória, o Maior Campeão Nacional voltou a vencer e estreou com vitória pelo quarto ano seguido na Libertadores. Para dar sequência à maratona de jogos, o Palmeiras de Abel Ferreira vai a campo nesta sexta-feira (23), às 20h, contra o Guarani, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, pelo Paulistão 2021.

Lance!
Publicidade
Publicidade