PUBLICIDADE

Após estar livre da degola, Edno Melo credita orçamento curto para problemas no Náutico

Mandatário do Alvirrubro agregou que problemas de ordem financeira relacionados a pandemia dificultaram ainda mais o trabalho

27 jan 2021 17h03
ver comentários
Publicidade

A pandemia do novo coronavírus e o impacto direto nas finanças do Náutico foi um dos argumentos utilizados pelo presidente do clube, Edno Melo, para justificar a campanha ruim da equipe em todas as competições que disputou válidas pela temporada 2020.

Presidente do Timbu também viu elementos positivos em 2020 (Priscila Farias/Comunicação CNC)
Presidente do Timbu também viu elementos positivos em 2020 (Priscila Farias/Comunicação CNC)
Foto: Lance!

Em palavras ditas ao portal 'ge', Edno não se exime de qualquer responsabilidade sobre erros relacionados ao planejamento. Todavia, ressaltou que a situação atípica teve peso considerável na equação:

- O Náutico sofreu muito com a pandemia, com as baixas de Covid-19. É claro que existiram erros no futebol, claro que sim, a gente não está negando isso, mas muito se deveu ao orçamento curto que a gente tinha. O Náutico era a terceira menor folha da Série B, e a gente teve que lutar até o fim com ela, para poder deixar os salário de todo o clube em dia. A gente admite os erros do futebol, sim, mas eles também foram ampliados pelo baixo custo do orçamento que nós tínhamos.

Apesar dos resultados negativos dentro das quatro linhas com as queda precoces na Copa do Nordeste e no Pernambucano bem como a briga até a rodada passada da Série B para não ser rebaixado, o mandatário também enxergou elementos positivos no 2020 do Timbu.

Isso porque, para ele, administrativamente falando o clube conseguiu honrar seus compromissos e também se manteve atento a melhorias de estrutura bem como a formação de atletas para gerar caixa ao clube de Recife:

- A gente aprendeu muito com os erros, com o que aconteceu em 2020, seja dentro ou fora de campo. Os erros são para ser corrigidos e o as acertos, para serem repetidos. A gente continuou com o clube em dia, a gente continuou revelando jogador, a gente continuou valorizando a base, reestruturando o clube. O ano de 2020 foi produtivo para o clube, não foi na parte do futebol. E mesmo assim a gente ainda conseguiu salvar o ano do futebol com a permanência na Série B.

Antes de pensar unicamente na temporada que vem, o Alvirrubro cumprirá sua última rodada na atual edição do Brasileirão da Série B jogando às 21h30 da próxima sexta-feira (29) contra o CSA nos Aflitos.

Lance!
Publicidade
Publicidade