4 eventos ao vivo

Após dois meses, Sidcley pode ter chance como titular do Corinthians

Terceira opção no elenco depois da chegada de Fábio Santos, lateral-esquerdo deve ser o titular na Copa do Brasil, se ambos os concorrentes forem desfalques para Vagner Mancini

23 out 2020
08h01
atualizado às 08h01
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A vitória do Corinthians sobre o Vasco por 2 a 1, fora de casa, foi importante para aliviar a situação do time no Brasileirão-2020, mas as decisões não param por aí, uma vez que logo mais, na próxima quarta-feira, haverá o confronto de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, diante do América-MG. Para esse jogo, Vagner Mancini já sabe que terá desfalques importantes e quem pode ganhar uma chance é Sidcley, que não é titular há quase dois meses.

Sidcley pode ganhar chance com os desfalques de seus concorrentes no Timão (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Sidcley pode ganhar chance com os desfalques de seus concorrentes no Timão (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Foto: Lance!

Essa oportunidade para o lateral-esquerdo se dá por conta dos desfalques na posição. Fábio Santos, contratado recentemente e que deve assumir de vez a titularidade nesta temporada, não pode atuar pela Copa do Brasil, pois já representou o Atlético-MG no torneio. Já Lucas Piton tem dores no músculo adutor da coxa esquerda e é dúvida para a partida da semana que vem.

Sendo assim, a chance pode cair no colo de Sidcley, atualmente o terceiro reserva da lateral esquerda. A sua última vez como titular do Corinthians foi no clássico diante do São Paulo, no Morumbi, no dia 30 de agosto. Naquele dia o Timão saiu derrotado por 2 a 1 com um gol no fim do jogo e o lateral teve uma atuação ruim, a exemplo do que vinha fazendo nos duelos anteriores.

De lá para cá, Sidcley fez apenas quatro partidas, todas saindo do banco de reservas. Ao todo, esteve em campo por 76 minutos, sendo 53 deles diante do Ceará, quando Piton se machucou e precisou ser substituído. Nesse meio tempo ele ainda ficou fora da lista de relacionados em dois jogos: contra o Red Bull Bragantino e contra o Santos, ambos sob o comando de Dyego Coelho.

Para completar, o Corinthians foi atrás da contratação de Fábio Santos, ídolo do clube, que estava no Atlético-MG e é considerado um líder dentro e fora de campo. O campeão mundial chegou na última segunda-feira e já foi titular na quarta, contra o Vasco. Lucas Piton, que era o dono da posição, sentiu dores na coxa e ficou fora da lista, e Sidcley, o reserva imediato, virou terceira opção.

Contratado para ser titular no início da temporada, o camisa 16 nunca conseguiu se firmar na equipe. Com problemas físicos e dificuldade na readaptação ao futebol brasileiro, viu Carlos Augusto e Lucas Piton ganharem a preferência de Tiago Nunes. Sidcley ainda conseguiu recuperar espaço no início do Brasileirão, mas pouco depois Piton ganhou a posição novamente.

Emprestado pelo Dínamo de Kiev-UCR até o fim deste ano, Sidcley não terá seu contrato prorrogado até o término do Brasileirão, em fevereiro de 2021. O Corinthians também não exercerá a opção de compra definitiva. Sendo assim, ele deverá voltar para a Ucrânia assim que seu vínculo com o Timão se encerrar, mas enquanto isso ainda poderá ganhar algumas chances na equipe.

Até enfrentar o América-MG, na próxima quarta-feira, às 21h30, na Neo Química Arena, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o Corinthians terá cinco dias de treinamento a partir desta sexta-feira. Nesse período, Vagner Mancini saberá se Lucas Piton terá condições de jogo ou se terá de optar por Sidcley.

Veja também:

Seleção feminina ganha camisas sem estrelas do masculino
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade