0

Após derrota no clássico, Alberto Valentim é demitido do Botafogo

Treinador alvinegro não resistiu à pressão após ver o time ser superado por 3 a 0 pelo Fluminense, no Maracanã, no clássico deste domingo, pela Taça Guanabara

9 fev 2020
21h24
atualizado às 22h45
  • separator
  • 0
  • comentários

Alberto Valentim não é mais treinador do Botafogo. O técnico não resistiu às más atuações do Botafogo que resultaram na eliminação precoce na Taça Guanabara. O estopim para a queda foi a derrota por 3 a 0, para o Fluminense, no clássico, deste domingo, no Maracanã. A diretoria do clube anunciou o desligamento do treinador, na noite deste domingo, pelas redes sociais, após uma reunião do Comitê gestor de futebol.

Valentim encerrou a segunda passagem pelo Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Valentim encerrou a segunda passagem pelo Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Foto: Lance!

O principal entrave para a saída do treinador era a multa rescisória, estimada em cerca de R$1 milhão. A diretoria do clube chegou a um acordo pelo parcelamento da dívida.

Valentim encerra sua segunda passagem pelo Botafogo com um total de 19 jogos, sendo oito vitórias, dois empates e nove derrotas. O Glorioso terminou a Taça Guanabara em terceiro lugar do Grupo B, atrás de Flamengo e Boavista e fora das semifinais. Bruno Lazaroni, auxiliar permanente do clube, assume a equipe interinamente.

Valentim foi contratado em outubro de 2019, após a demissão de Eduardo Barroca, depois de uma sequência de maus resultados no segundo turno do Campeonato Brasileiro. O treinador cumpriu o objetivo de livrar a equipe do rebaixamento, mas não conseguiu uma vaga na Copa Sul-Americana.

Após a classificação no sufoco, na Copa do Brasil, com empate em 1 a 1 com o Caxias-RS, o comandante alvinegro viu a pressão aumentar durante a última semana. Os gritos de "Fora Valentim" ecoaram até na festa de apresentação do meia Keisuke Honda, mais recente reforço do clube para a temporada.

Veja também:

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade