1 evento ao vivo

Após deixar Rádio Globo, Dé Aranha critica nova fase da emissora e comenta retorno à Tupi

Ex-jogador e comentarista esportivo falou ao L! sobre volta à rádio onde começou nas transmissões e disse estar contente com reencontro com Gilson Ricardo e outros colegas

14 fev 2020
09h40
atualizado às 09h40
  • separator
  • 0
  • comentários

Após deixar a Rádio Globo no fim do ano passado, Dé Aranha afirmou ao LANCE! que tinha novos projetos. Pouco depois, o ex-jogador e comentarista esportivo é o novo contratado da Rádio Tupi para a temporada do esporte em 2020. A novidade, que já reestreou na emissora, comentou o retorno a rádio e disse estar "novamente feliz".

- Quando eu saí da Rádio Globo, eu já tinha as coisas combinadas, algumas propostas. Não estava mais feliz na Rádio Globo, as mudanças foram muito bruscas. A Rádio que era referência no esporte passou a ser praticamente musical e eu estava incomodado - lembrou Dé, como é carinhosamente chamado pelos torcedores.

Aos 71 anos, o comentarista deixou a emissora com o fim do seu contrato. Dé comentou do carinho que sente pela Globo, ressaltou que foi uma escolha dele seguir em outros projetos e revelou que estava se sentindo um "peixe fora d'agua" na empresa.

- Já havia uma conversa anterior. Eu tinha proposta, mas achei melhor seguir na Tupi. Lá é um ambiente maravilhoso, tenho muitos amigos na rádio e estou muito feliz. Lá eu vou me sentir feliz de novo - comentou. Dé ainda comentou sobre outras propostas.

Gilson Ricardo e Dé Aranha eram companheiros de "Os Donos da Bola", na Band (Foto: Reprodução/ Instagram @radiotupi)
Gilson Ricardo e Dé Aranha eram companheiros de "Os Donos da Bola", na Band (Foto: Reprodução/ Instagram @radiotupi)
Foto: Lance!


- Eu tinha a perspectiva de televisão, mas a melhor proposta foi para São Paulo, eu não vou para São Paulo. Vou ficar no Rio, muito melhor. Farei menos coisas, vou trabalhar menos. Lá é ambiente maravilhoso, tenho muitos amigos na rádio e estou muito feliz. Lá eu vou me sentir feliz de novo - finalizou ele.

O ex-jogador de Vasco, Bangu e Botafogo contou da importância para ele estar nas transmissões das partidas. Esta é a segunda vez que Dé trabalha na Tupi: a primeira foi em 1986, antes dele se tornar treinador de futebol.

É bom que me sinto feliz, não ficar em casa, é um remédio para mim. Feliz pelo convite, de algum tempo já, e agora eu pude resolver de forma mais tranquila - e destacou "estar voltando para casa":

- Voltar com José Carlos Araújo, Washington Rodrigues, Gerson ,Gilson Ricardo, com quem eu já fiz o programa "Os Donos da Bola". Somos grandes amigos. Voltando para casa, estou feliz. A Tupi tem uma audiência monstruosa, outro segmento, como a Rádio Globo era nos velhos tempos - comentou o novo nome da Tupi.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade