1 evento ao vivo

Após cobrar elenco duramente, Raí elogia confiança de Jardine e não descarta efetivação no São Paulo

Antes do treino desta segunda-feira, diretor se reuniu com o grupo, pediu mais comprometimento para a reta final do Brasileiro e deu apoio a novo comandante

12 nov 2018
19h39
atualizado às 20h06
  • separator
  • comentários

O treino do São Paulo nesta segunda-feira, primeiro desde a demissão do técnico Diego Aguirre, foi precedido de uma dura conversa da diretoria com os jogadores e outros profissionais do clube. O diretor-executivo Raí fez duras cobranças ao elenco, exigindo comprometimento total na reta final do Campeonato Brasileiro. O Tricolor espera ficar entre os quatro primeiros para ir direto à fase de grupos da Libertadores. Atualmente, é o quinto, perdendo no saldo de gols para o Grêmio, seu adversário na próxima quinta.

André Jardine comanda o São Paulo até o fim da temporada (Foto: Marcello Zambrana/AGIF)
André Jardine comanda o São Paulo até o fim da temporada (Foto: Marcello Zambrana/AGIF)
Foto: Lance!

O papo durou mais de meia hora e serviu também para Raí explicar aos jogadores o motivo da troca de comando. Em seguida, o dirigente fez uma apresentação do substituto André Jardine ao elenco e deixou claro que ele trabalha com total confiança da diretoria. O auxiliar fica pelo menos até o fim do ano, mas Raí não descartou que ele seja efetivado no cargo.

Raí elogiou o modo com o qual Jardine se dirigiu aos jogadores na reunião. Depois de falar com o elenco, ele passou a palavra para o treinador conversa com os jogadores.- Ele colaborou muito, se mostrando cada vez mais à vontade, aqui no ambiente do CT da Barra Funda, no profissional. Logo em seguida, tivemos a conversa com o elenco, depois o Jardine mostrando suas visões, pontos. Ele demonstrou uma confiança incrível no seu trabalho, no grupo, transmitiu isso a ele, e tenho certeza de que irão recebê-lo muito bem - afirmou o diretor, que falou sobre a possibilidade de efetivar o profissional ao fim do ano.

- Não está descartado ele ser efetivado. E ele vai continuar fazendo parte de uma comissão permanente - declarou Raí.

Andre Jardine está desde 2015 no São Paulo, comandando o time sub-20. No período, ganhou praticamente todos os títulos da categoria, inclusive uma Libertadores. Este ano, foi alçado ao profissional como membro da comissão técnica permanente do clube. A ideia do Tricolor sempre foi prepará-lo para assumir o time no futuro.

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade