2 eventos ao vivo

André prega cautela por expectativas no Fluminense e exalta: 'Xerém é um dos lugares que sai mais craque'

Jogador fez a transição da base para o profissional neste ano e foi o escolhido de Odair após a lesão de Yago Felipe na última rodada

23 out 2020
14h57
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O elenco curto e o pouco poder financeiro fazem com que o Fluminense utilize muitos atletas oriundos da base. Com isso, os jovens precisam se adaptar dentro e fora de campo à nova rotina. Nesta sexta-feira, foi a vez do volante André conceder a primeira entrevista coletiva como profissional. Ainda com poucas palavras, o jogador insistiu em um ponto: é preciso dar um passo de cada vez antes de criar expectativas sobre até onde esse Flu pode chegar no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o Tricolor recebe o Santos em confronto direto por vaga na Libertadores.

André durante entrevista coletiva no CT Carlos Castilho (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)
André durante entrevista coletiva no CT Carlos Castilho (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)
Foto: Lance!

- É um jogo de seis pontos, briga direta ali em cima. Nosso time teve uma semana muito boa de trabalho, trabalhando forte. O calendário estava apertado. Vamos em busca dos três pontos para nos mantermos na parte de cima da tabela. Infelizmente nos últimos anos a gente veio brigando lá embaixo. Mas passou ficou para trás, estamos em outro momento, o time está com uma sequência boa. É um dos jogos mais importantes do ano. Cada jogo é uma final, vamos brigar pela Libertadores, quem sabe pelo título, estamos indo um jogo de cada vez para conseguir essa meta - afirmou o jovem.

- Vamos passo a passo. Não podemos cravar se vai ser uma briga por título, Libertadores, meio da tabela. Eu tive a oportunidade de jogar algumas vezes, estou trabalhando para buscar meu espaço, sem passar por cima de ninguém. Trabalhando firme para estar pronto para jogar quando receber a oportunidade - completou.

O Fluminense tem, cada vez mais, investido na integração entre a base e o profissional para que os jogadores cheguem mais prontos ao time principal. Uma das medidas adotadas para isso é a criação do time sub-23, projeto liderado pelo diretor executivo de futebol Paulo Angioni. André elogiou a iniciativa e a oportunidade na equipe de Odair Hellmann.

- Muito feliz. Essa é a palavra certa. Por ter a oportunidade de treinar aqui. Eu saí de Xerém e vim para cá. Todos que vem para cá chegam com muita vontade e felicidade. Estava um pouco distante o sub-20 do profissional, mas agora criou o sub-23 e acredito que isso vai incorporar o profissional. Com certeza os jogadores vão estar mais preparados. Acompanho o sub-20 e o sub-23. Xerém é um dos lugares que sai mais craque. Não posso falar se tem alguém pronto, mas eles são muito bons. O trabalho está sendo bem feito e certamente vai aparecer muito moleque aqui do sub-20 - avaliou.

Veja também:

Mostramos o cenário na briga pelo prêmio de melhor do mundo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade