2 eventos ao vivo

Americano leva três prêmios no Melhores do Ano do NBB

Desmond Holloway, do Pinheiros, foi eleito o MVP da temporada, além de melhor estrangeiro e ala da competição; Seleção também foi divulgada

21 jun 2017
00h30
atualizado às 08h36
  • separator
  • 0
  • comentários

O E. C. Pinheiros pode não ter chego na final do NBB, mas o ala americano Desmond Holloway roubou a cena na Festa de Melhores do Ano da nona edição do NBB. O jogador de 27 anos que chegou no time paulista na temporada 2015/2016 foi eleito o MVP (Jogador Mais Valioso) da competição, além de Melhor Atleta Estrangeiro e Melho Ala - ao lado de Alex Garcia. Holloway não compareceu à premiação que ocorreu na noite desta terça-feira, pois já aproveita às férias em sua terra natal, Indianapolis (EUA),

Holoway desbancou dois atletas do Bauru para conquistar o MVP Daniel Vorley/ECP
Holoway desbancou dois atletas do Bauru para conquistar o MVP Daniel Vorley/ECP
Foto: Lance!

Desmond encerrou a temporada após a eliminação do Pinheiros nas semifinais, contra o Bauru, com as médias de 19,3 pontos, 5,7 rebotes, 3.5 assistências e 19,5 de eficiência. O gringo superou, no MVP, dois bauruenses, Alex e Jefferson.

A festa também revelou a seleção do NBB9. Sob o comando do vice-campeão Gustavo De Conti - que leva seu segundo prêmio - o time conta com o defensor Jimmy (Mogi das Cruzes), o armador Fúvio (Brasília), os alas Alex Garcia (Bauru) e Holloway (E.C. Pinheiros) e os pivôs Jefferson (Bauru) e Lucas Mariano (Brasília).

Além destes, também foram premiados Alexey (Destaque Jovem); Arthur Pecos (Sexto Homem); Georginho (Jogador que Mais Evoluiu), além de Olivinha (líder em rebotes), Fúlvio (líder em assistências) e Anthony (cestinha). Também foram distribuídos prêmios para Bauru e Flamengo, pelas melhores defesa e ataque da competição, respectivamente, além de premiações para a arbitragem.

Confira todos os premiados da nona edição do NBB:

Líder em assistências: Fúvio (Brasília) - 7,43 por jogo
Líder em rebotes: Olivinha (Flamengo) - 9,45 por jogo
Cestinha: Anthony (Macaé) - 20,55 por jogo
Melhor Defesa: Bauru - 75,67 por jogo
Melhor Ataque: Flamengo - 87,73 por jogo
Árbitro Revelação: Bruno Oliveira
Melhor Trio de Arbitragem: Cristiano Maranho, Marcos Benito, Fabiano Huber
Árbitro Destaque: Cristiano Maranho
Troféu Fair Play: Solar Cearense
Personalidade do ano: Gerson Bordignon
Destaque Jovem: Alexey (Franca)
Sexto Homem: Arthur Pecos
Jogador que Mais Evoluiu: Georginho (Paulistano)
Melhor Defensor: Jimmy (Mogi)
Melhor Atleta Estrangeiro: Holloway (E.C. Pinheiros)
Melhor Armador: Fúlvio (Brasília)
Melhores Alas: Alex Garcia (Bauru) e Holloway (E.C. Pinheiros)
Melhores Pivôs: Jefferson (Bauru) e Lucas Mariano (Brasília)
Melhor Treinador: Gustavo De Conti (Paulistano)
MVP: Holloway (E.C. Pinheiros)

 

Veja também:

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade