PUBLICIDADE

Alonso defende imunização dos jogadores com as vacinas doadas à Conmebol

Zagueiro do Galo concorda com a ideia da entidade máxima do futebol sul-americano de imunizar atletas contra o coronavírus

30 abr 2021 22h06
| atualizado às 22h40
ver comentários
Publicidade

O zagueiro Junior Alonso, do Atlético-MG, concorda com a Conmebol na ideia de usar as vacinas que foram doadas à instituição para imunizar jogadores e pessoas ligadas aos clubes filiados.

A entidade máxima do futebol na América do Sul tem à disposição 50 mil doses da Coronavac, doada pelos chineses. A vacinação ou algum plano sobre não foi revelado pela Conmebol, mas ganha força entre jogadores como no caso de Alonso.

Outra declaração direta, sem "rodeios" do jogador, foi sobre o duelo das semifinais do Campeonato Mineiro, contra o Tombense. Para o defensor, o time do interior trará dificuldades, mas o Galo tem a obrigação de vencer na sua visão.

Confira, nos vídeos, o que disse Junior Alonso.

Alonso deu declarações sem rodeios sobre o direito dos jogadores tomarem a vacina contra a Covid-19 e ter a obrigação de avançar no Estadual-(Bruno Cantini/Atlético-MG)
Alonso deu declarações sem rodeios sobre o direito dos jogadores tomarem a vacina contra a Covid-19 e ter a obrigação de avançar no Estadual-(Bruno Cantini/Atlético-MG)
Foto: Lance!
Lance!
Publicidade
Publicidade