0

Alemanha passa sufoco, mas bate a Austrália em estreia

Atual campeã do mundo ganhou por 3 a 2, com gols de Stindl, Draxler e Goretzka

19 jun 2017
13h57
atualizado às 14h00
  • separator
  • comentários

Com um time bastante modificado e com Draxler como principal jogador, a Alemanha teve dificuldades, mas superou a Austrália na estreia das duas seleções na Copa das Confederações. Os europeus venceram por 3 a 2 e passaram sufoco no fim da partida, realizada em Sochi, na Rússia.

A vitória deixa os germânicos em segundo no Grupo B da Copa das Confederações. Os atuais campeões do mundo somam os mesmos três pontos do Chile, que leva vantagem no saldo de gols: 2 a 1. Austrália e Camarões têm zero.

Alemanha dominou os primeiros 30 minutos de jogo. Com toque envolvente e marcação sob pressão, os germânicos não deixaram a Austrália sair na boa para o ataque. O resultado foi o primeiro gol logo aos quatro minutos, após Brandt entrar pela direita e rolar para Stindl abrir o placar.

Com a posse de bola, a Alemanha chegava por todos os lados e também em bolas levantadas na área, como em lances com Goretzka e Sandro Wagner. Brandt, novamente pela direita, obrigou Ryan a grande defesa.

A melhor chance de ampliar o marcador, contudo, veio com Sandro Wagner. O atacante do Hoffenheim apareceu na cara do goleiro Ryan e bateu forte, mas a bola passou raspando à trave esquerda.

A partir dos 30 minutos, os germânicos colocaram o pé no freio e passaram a cadenciar a partida. Os Socceroos, então, gostaram mais do jogo e ameaçaram com Sainsbury, que perdeu gol feito após cobrança de falta. E a Austrália conseguiu o empate. Rogic avançou pelo meio e chutou. A bola pegou na zaga e voltou para ele, que finalizou novamente, para vencer Leno, que não foi bem no lance.

O gol acordou a Alemanha, que ficou em vantagem dois minutos depois. Goretzka foi derrubado na área e Draxler cobrou bem, para fazer o segundo.

A Alemanha começou em cima a etapa complementar e logo chegou ao terceiro gol. Aos dois minutos, Kimmich achou o Goretzka na área. O volante do Schalke teve tempo de dominar e bater no canto de Ryan. O Austrália, contudo, queria jogo. Logo em seguida, Juric aproveitou nova falha de Leno para fazer o segundo. O árbitro de vídeo foi consultado, mas o lance foi validado.

Löw acompanha o jogo do bando de reservas (Foto: Franck Fife / AFP)

Após o gol australiano, o jogo ficou aberto. A seleção da Oceania adiantou a marcação e atrapalhava a saída de bola alemã. Joachim Löw mandou mais um zagueiro a campo, mudando o esquema. Mas os Socceroos continuavam em cima e passaram a arriscar chutes, mas Leno, desta vez, conseguiu defender. Do outro lado, Werneu fez boa jogada pela esquerda e acertou a trave de Ryan.

Os alemães passaram os últimos 15 minutos recuados, esperando a Austrália, que era perigosa, em seu campo. Faltou fôlego para os Socceroos chegarem com grande perigo ao gol de Leno. Do outro lado, Werner aparecia sempre sozinho nos contra-ataques e, mesmo assim, dava um calor nos zagueiros.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade