4 eventos ao vivo

Além da liderança do Brasileirão: Entenda por que confronto contra o Inter é o jogo do ano para o São Paulo

Vitória deixa Tricolor com mais vantagem na liderança do Brasileirão, mas também resgata confiança do elenco e alivia a pressão no trabalho de Fernando Diniz e a nova diretoria

20 jan 2021
08h05
atualizado às 12h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O São Paulo joga contra o Internacional, às 21h30, no Morumbi, nesta quarta-feira (20), buscando mais do que continuar na liderança do Campeonato Brasileiro. Uma vitória deixa o Tricolor com mais folga na ponta da competição e dá outras alegrias ao torcedor e elenco são-paulino.

São Paulo tem jogo decisivo contra o Internacional (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)
São Paulo tem jogo decisivo contra o Internacional (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)
Foto: Lance!

Começando pelo retrospecto nesse ano. Desde que 2021 começou, o São Paulo não sabe o que é vencer. Foram três jogos, com duas derrotas (Red Bull Bragantino e Santos), e um empate (Athletico). Essa sequência ruim deixou um ar de dúvidas sobre o momento da equipe na reta final da temporada.

Com isso, cresceu a pressão no trabalho do técnico Fernando Diniz. Contestado por não mudar o esquema de jogo e algumas substituições equivocadas, ele vem encontrando dificuldades nos últimos jogos, como aconteceu no primeiro turno. Com a pressão de tirar o Tricolor da fila, que já dura oito anos, Diniz comentou sobre o duelo contra o Inter e tratou de tirar o peso do jogo.

- Decisão tem sido todos os jogos, que você vai somando pontos para ser campeão. Os 38 jogos são decisivos. Assim que a gente tem encarado desde quando começo. Vamos encarar como decisão, como hoje, mas não vai terminar o campeonato na quarta-feira, independentemente do resultado - afirmou em entrevista coletiva após o empate contra o Furacão.

Elenco e diretoria podem retomar confiança na reta final da temporada

Com Luciano de volta, o São Paulo pode retomar a confiança com um triunfo sobre o Colorado. Desde que o ano começou a equipe vem oscilando, com apenas três gols marcados e seis sofridos em três partidas.

A última vitória foi justamente com o camisa 11 no ataque, quando o Tricolor venceu o Fluminense por 2 a 1, no Maracanã, no dia 26 de dezembro do ano passado. Desde então, o time viu a gordura na liderança do Brasileirão cair de sete para apenas um ponto.

Caso triunfe diante do Colorado, a pressão sobre a nova diretoria do São Paulo também terá um alívio. Julio Casares assumiu a presidência do Tricolor e trouxe Muricy Ramalho como coordenador. Após a derrota no San-São, Muricy se reuniu com o elenco para uma conversa motivacional.

- Para ganhar tem que querer mais que os caras. Não pode ser igual a eles, não pode ser. O próximo jogo agora é decisão, são nove decisões. E decisão é diferente, tem que se tratar de forma diferente. É sempre um pouco a mais a todo momento - discursou o técnico tricampeão brasileiro com o São Paulo.

No último treinamento antes do jogo contra o Inter, houve nova reunião entre a diretoria, comissão técnica e jogadores.

É justamente com esse pensamento que o São Paulo encara 'o jogo do ano' contra o Internacional. Uma coisa é certa: esse duelo pode ser encarado como um 'divisor de águas' para o Tricolor na temporada.

Veja também:

Flamengo encostou no Palmeiras! Confira o ranking de maiores campeões nacionais do Brasil
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade